ANUNCIOS
Últimos assuntos
» CD durante a muda de pena.
Ontem à(s) 19:22 por Jose Elias Barbosa Brazao

» allax aplicaçao
Sab 9 Dez - 11:11 por Eduardo Machado

» calo pé trinca
Sex 8 Dez - 21:39 por souzajose

» verruga em pássaro
Sex 8 Dez - 17:14 por Agenor B S Jr

» ENSINAR CALOPSITA FIU FIU 1 HORA
Sex 8 Dez - 13:00 por Eduardo Machado

» Coleiro se coçando me ajudemm pfv
Sex 8 Dez - 12:00 por Eduardo Machado

» Animais Invertebrados
Qui 7 Dez - 15:46 por Eduardo Machado

» Trinca Ferro não canta na roda
Qui 7 Dez - 14:16 por Eduardo Machado

» Como amansar Trinca espantado?
Qui 7 Dez - 11:00 por Eduardo Machado

ANUNCIO
DOENÇAS E MEDICAMENTOS BEIJA FLORES GAIOLAS BUAVA
ESPECIES
OUTRAS ESPECIES

CLIQUE E CONFIRA CLIQUE E CONFIRA
SEXAGEM DE PÁSSAROS

CONSULTE OUTRAS ESPECIES.

Arara CanindéAzulãoTucanoReprodução Trinca Ferro CalopsitasCanário Gloster
CANAL YOUTUBE
INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL
TopSites AvesPT

Pit Bulls. Uma raça carinhosa e de muitos mitos.

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Pit Bulls. Uma raça carinhosa e de muitos mitos.

Mensagem por MARCELO CORAÇÃO VALENTE em Dom 22 Fev - 1:24

Relembrando a primeira mensagem :

Pit Bulls. Uma raça carinhosa e de muitos mitos.




Família: terrier, mastiff (bull)
Grupo do AKC: Terriers
Área de origem: Estados Unidos
Função Original: bullbaiting, cão de luta
Outros nomes: APBT
Posição no ranking de inteligência: N/A
Pit Bull padrão: confira aqui
Altura: 35 – 60 cm
Peso: 10 – 35 kg
O American Pit Bull Terrier é ao mesmo tempo forte e ágil. O peso e altura individuais são menos importantes do que a proporção certa entre os dois. Um equívoco muito comum é que eles são musculosos pesando em torno de 39 kg ou mais.




Antigamente usados nas cruéis competições de luta, os Pit Bulls carregam o estigma de violentos, mas são uma raça leal e muito dócil.








À procura de um cão que tivesse a esportividade de um Terrier e a resistência de um Buldogue, alguns criadores europeus cruzarem as duas raças no decorrer do século XIX originando a raça que popularmente chamamos de Pit Bull.Levado para os Estados Unidos com o objetivo de desenvolver a raça, o seu verdadeiro nome é American Pit Bull Terrier, um cão forte e ágil que era utilizado principalmente para participar de competições sangrentas, por isso muitas pessoas o associam a situações de violência e agressão.Outra versão sobre a criação da raça Pit Bull data também do século XIX, período em que se praticava o esporte bull baiting.




Um jogo muito violento em que cães da raça Bulldogs eram usados para atacar touros mordendo-os pelo nariz até que caíssem. Na época, os homens procuravam diversão e após a proibição do esporte, os criadores misturaram algumas raças bulldogs e terrier em busca de um animal vigoroso e de elevada força física. 










Esta mistura de raças originou um cão de porte médio que inclui características de bravura e defesa de seu território e é claro, amor ao seu dono.É importante conhecermos a origem da raça Pit Bull para esclarecer que apesar de sua fama de ser um cão violento, ele é muito dócil, fiel e equilibrado, desde que não seja treinado por pessoas que irão desenvolver um instinto agressivo no animal.




A criação de um APBT (American Pit Bull Terrier) necessita de um cuidado especial de seu dono, que deve treiná-lo adequadamente e socializá-lo para que obedeça e respeite pessoas e outros animais. Por ser um cão de porte físico atleta nato, ele necessita exercícios, caso contrário, poderá apresentar possíveis sintomas de depressão de isolamento, agravando outros sentimentos e temperamento alterado no cão. Os seus instintos naturais apresentam certo nível de agressividade contra outros cães, mas isso se deve ao fato de seu porte físico ser resistente e poderoso. 










Muitos donos garantem que esta raça é muito alegre e adora a companhia de crianças, já que sempre estão cheios de entusiasmo.Com seu tamanho mediano e mandíbulas bem definidas, o APBT, tem vários tipos de pelagem e seu focinho pode apresentar três colorações, sendo a Red Nose a mais popular, Black Nose a mais tradicional e as mais raras Blue Nose e Blue Fawn, a cor de seus olhos são sempre verdes.Sua ninhada é sempre numerosa. Com a possibilidade de nascer de 8 a 14 filhotes por vez, apenas 10% pode apresentar certa agressividade desde pequeno. 




Neste caso, é recomendada a castração aos 18 meses de vida e um treinamento exaustivo, mas adequado, possibilitando ao cão um convívio com outros cães e familiarização com pessoas e ambientes diferentes.Com uma reputação de cão agressivo é difícil esclarecer para as pessoas o verdadeiro comportamento da raça. Vale lembrar que o temperamento de todo cão é baseado na sua forma de criação e treinamento. Ambiente equilibrado e com carinho gera cães equilibrados.


Temperamento do Pit Bull



Pit Bull com bebêSaveO American Pit Bull Terrier (APBT) tem grande prazer em agradar. O APBT despertou mais respostas emocionais humanas, racionais e irracionais, do que quaisquer outras raças existem hoje. De forma alguma esses cães são odiadores ou comedores de pessoas. Suas tendências agressivas naturais são direcionadas a outros cães e animais, não a pessoas. Porém, se forem corretamente socializados com firmeza, mas também calma e confiança por um consistente líder, eles não serão agressivos nem mesmo com animais. O American Pit Bull Terrier é um cão bem-humorado, divertido, extremamente leal e afeiçoado a família e é bom com crianças e adultos. Quase sempre obediente, está sempre ansioso para agradar seu mestre. É um cão de guarda extremamente corajoso e inteligente e muito cheio de vitalidade.




Altamente protetor de seus donos e da propriedade deles, ele vai lutar contra um inimigo até a morte. Geralmente é muito amigável, mas tem uma incrível habilidade pra saber quando é necessário proteger e quando tudo vai bem. O American Pit Bull Terrier pode ser voluntarioso com donos mais mansos e precisa de uma mão forte. Geralmente se dão bem com outros animais de estimação desde que tenham sido criados juntos. São amigáveis, mas não recomendados para a maioria das pessoas, pois muitos não entendem como criá-lo devidamente e como tratar um cão.




Os problemas surgem quando não se compreende seu comportamento natural, tratando o cachorro como se ele tivesse emoções humanas, o que leva a um cão que pensa ser o dono da casa. Para um cão menor e não tão forte, as pessoas podem às vezes seguir por esse caminho, porém, com uma raça forte, é necessário entender e seguir os conceitos da criação de um cachorro. Um guia excelente para aprender como tratar corretamente um cachorro é “O Encantador de Cães” de Cesar Millan (recomendado para todos os donos de cães, independentemente da raça que possuem).




Excelente com as crianças da família, eles têm alta tolerância a dor e vão participar alegremente de brincadeiras infantis mais agressivas. Como qualquer raça, eles não devem ser deixados sozinhos com crianças desconhecidas. Usados como cães “faz tudo” em fazendas, eles eram chamados de “cavalos dos pobres”. Depois foram usados como cães de briga. Os poderosos American Pit Bull podem atacar o pescoço de cachorros estranhos. Um mínimo de treinamento, juntamente com a devida quantidade de exercícios e um líder firme, irão produzir um cão tranquilo e obediente. Socialize-o muito bem quando jovem para combater tendências agressivas e certifique-se de manter o cão sob controle quando outros cães estiverem presentes. Ensine a esse cão o respeito pelos humanos não permitindo que pule em cima das pessoas ou que ele passe pela porta antes de você. Os humanos devem fazer o cão caminhar alinhado ao calcanhar ou alguns passos atrás.




Ele tem mostrado excelentes resultados como cão de guarda, mas ao mesmo tempo é estimado como cão de companhia. O objetivo ao treinar esse cachorro é conquistar o status de líder do bando. O instinto natural de um cachorro é ter um líder do grupo. Quando nós humanos vivemos com os cães, nos tornamos seu grupo. O grupo coopera sob um único líder; limites são claramente definidos e regras são estabelecidas. Você e outros humanos DEVEM se colocar acima do cachorro nessa hierarquia. É a única forma desse relacionamento ser bem sucedido. Quando treinado e socializado corretamente, esse é um cachorro muito bom e um grande companheiro da família. Infelizmente, algumas pessoas preferem estimular os instintos de luta da raça, dando-lhe uma péssima fama.
avatar
MARCELO CORAÇÃO VALENTE
Moderador Silvestres
Moderador Silvestres

Mensagens : 7102
Pontos : 7893
Reputação : 464
Data de inscrição : 10/12/2010
Idade : 43
Localização : Rio de Janeiro /RJ, tropa de elite.

http://automobilismo.forumeiro.com/

Voltar ao Topo Ir em baixo


Re: Pit Bulls. Uma raça carinhosa e de muitos mitos.

Mensagem por Eduardo Machado em Ter 30 Maio - 13:43

Show este Tópico !
avatar
Eduardo Machado
ADMINISTRADOR
ADMINISTRADOR

Mensagens : 15760
Pontos : 19634
Reputação : 1335
Data de inscrição : 07/12/2010
Idade : 35
Localização : Espirito Santo do Pinhal - SP

https://www.criadoresdepassaros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Pit Bulls. Uma raça carinhosa e de muitos mitos.

Mensagem por luis avila em Sex 2 Jun - 17:37

boa  Marcelo
otimo artigo 
eu sempre digo e  trono a dizer  seja que raça de cachorro for  eles nao sao agressivos, agressivos sao  os donos que os tem e nao sabem tratar dos seus animais
avatar
luis avila
Passarinheiro Junior
Passarinheiro Junior

Mensagens : 146
Pontos : 259
Reputação : 37
Data de inscrição : 27/02/2017
Idade : 56
Localização : porto--- Portugal

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Pit Bulls. Uma raça carinhosa e de muitos mitos.

Mensagem por Eduardo Machado em Dom 4 Jun - 21:29

Boa noite . 


sim é um ótimo tópico ! 


Até mais
avatar
Eduardo Machado
ADMINISTRADOR
ADMINISTRADOR

Mensagens : 15760
Pontos : 19634
Reputação : 1335
Data de inscrição : 07/12/2010
Idade : 35
Localização : Espirito Santo do Pinhal - SP

https://www.criadoresdepassaros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 2 Anterior  1, 2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum