ANUNCIOS
Últimos assuntos
» encarte de trinca filhote
Sab 16 Fev 2019 - 20:22 por Eduardo Machado

» informação
Sab 16 Fev 2019 - 20:19 por Eduardo Machado

» Nova Anilha Eletronica RFID
Seg 11 Fev 2019 - 23:43 por Cleder Pereira

» Quando a unha sangra
Seg 11 Fev 2019 - 23:35 por Cleder Pereira

» trinca de ferro careca
Seg 11 Fev 2019 - 21:57 por Eduardo Machado

» Escolha da fêmea
Seg 11 Fev 2019 - 21:51 por Eduardo Machado

» Criar pássaros sem registro é Crime
Seg 11 Fev 2019 - 21:46 por Eduardo Machado

» Doenças de Trinca Ferro
Sex 8 Fev 2019 - 11:07 por Eduardo Machado

» Doenças comuns em Periquitos
Sex 8 Fev 2019 - 10:47 por Eduardo Machado

ANUNCIOS
GAIOLAS BRASIL
ESPECIES
OUTRAS ESPECIES

CLIQUE E CONFIRA CLIQUE E CONFIRA
Visitas
free counters

Usuários On-line
face 4
Fechar Anuncio!
Curta nosso Facebook

Catatua-das-molucas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Catatua-das-molucas

Mensagem por Eduardo Machado em Ter 4 Nov 2014 - 10:32

Catatua-das-molucas











Ordem: Psittaciformes

Família: Cacatuidae

Nome Científico: Cacatua moluccensis

Distribuição e Habitat :
Encontram-se no Sul do arquipélago das Molucas (Seram, Haruku e Saparua), na Indonésia, tendo sido provavelmente introduzidas em Ambon. Vivem em florestas húmidas primárias e secundárias das terras baixas, abaixo dos 1000 metros de altitude.

Hábitos:
Vivem em pequenos bandos, em casais ou solitárias. São aves sedentárias, embora possam realizar movimentos dispersivos locais.

Dieta:
Alimentam-se de sementes, bagas e frutos, inclusive cocos.

Identificação:
Medem 46 a 52 cm de comprimento. A plumagem é branca, mas está coberta por uma tonalidade mais ou menos ligeira de cor rosa-salmão. Apresentam uma crista muito longa e também de cor rosa-salmão. A parte inferior das asas e da cauda é amarelada. O bico é cinzento, tal como as patas. A zona periocular (em torno dos olhos) é azul-clara e os olhos são negros nos machos e castanho-escuros nas fêmeas. Estas são ligeiramente maiores do que os machos. As patas são zigodáctilas (têm dois dedos virados para a frente e dois dedos virados para trás; em geral, as aves apresentam três dedos virados para a frente e um para trás).

Identificação:
Medem 46 a 52 cm de comprimento. A plumagem é branca, mas está coberta por uma tonalidade mais ou menos ligeira de cor rosa-salmão. Apresentam uma crista muito longa e também de cor rosa-salmão. A parte inferior das asas e da cauda é amarelada. O bico é cinzento, tal como as patas. A zona periocular (em torno dos olhos) é azul-clara e os olhos são negros nos machos e castanho-escuros nas fêmeas. Estas são ligeiramente maiores do que os machos. As patas são zigodáctilas (têm dois dedos virados para a frente e dois dedos virados para trás; em geral, as aves apresentam três dedos virados para a frente e um para trás).

Reprodução:
Há pouca informação sobre a reprodução no habitat natural. A época de nidificação inicia-se, aparentemente, em Maio. A postura (em cativeiro) é de dois ovos, geralmente, cuja incubação dura 28 a 29 dias e é realizada apenas pela fêmea. As crias são altriciais (totalmente dependentes dos pais durante os primeiros tempos de vida). Os juvenis permanecem no ninho durante cerca de 14 semanas (em cativeiro).

Estatuto de conservação e principais ameaças:
É uma espécie vulnerável (segundo a União Internacional para a Conservação da Natureza). Pertence ao Apêndice I da CITES. A população total em estado selvagem está, actualmente, estimada em menos de 10 000 indivíduos, com tendência a decrescer. Tem sido muito ameaçada pela captura ilegal para o comércio nacional e internacional de aves de cativeiro e pela destruição do habitat, nomeadamente, a desflorestação para o comércio de madeiras e a construção de centrais hidroeléctricas. Não há dados recentes da sua presença em Saparua e Haruku, estando provavelmente restrita a Seram. O tráfico internacional cessou oficialmente em 1990, mas as aves são ainda capturadas e comercializadas livremente na Indonésia. O facto de se reproduzirem com relativa facilidade em cativeiro é uma esperança para travar a captura destas aves no seu habitat de origem.
Eduardo Machado
Eduardo Machado
ADMINISTRADOR
ADMINISTRADOR

Mensagens : 16417
Pontos : 20718
Reputação : 1434
Data de inscrição : 07/12/2010
Idade : 36
Localização : Espirito Santo do Pinhal - SP

https://www.criadoresdepassaros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Catatua-das-molucas

Mensagem por CÉLIA MARIA CAYRES em Ter 4 Nov 2014 - 22:14

Boa noite amigos Criadores de Pássaros !

Eduardo,

Gostei do artigo !

A Catatua-das-Molucas, é um belo pássaro, mas infelizmente sofre com as capturas ilegais, destruição do seu habitat, desflorestação para a comercialização da madeira e outros fatores que colaboram para a sua extinção, é considerada uma espécie ameaçada.

Infelizmente na Indonésia, são capturadas e comercializadas normalmente.

Quem sabe um dia existirá leis na Indonésia, que protegerá esses pássaros tão lindos !   

Obrigada por compartilhar suas pesquisas com todos nós !

CÉLIA
CÉLIA MARIA CAYRES
CÉLIA MARIA CAYRES
SUPERVISOR CHEFE
SUPERVISOR CHEFE

Mensagens : 5966
Pontos : 8925
Reputação : 565
Data de inscrição : 06/09/2013
Idade : 53
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum