ANUNCIOS

ANUNCIO
DOENÇAS E MEDICAMENTOS BEIJA FLORES GAIOLAS BUAVA
ESPECIES
OUTRAS ESPECIES

CLIQUE E CONFIRA CLIQUE E CONFIRA
SITES PARA CRIADOR
CANTOS PARA APRENDIZADO



CRIE SEU SITE CRIADOR
SEXAGEM DE PÁSSAROS

CONSULTE OUTRAS ESPECIES.

Arara CanindéAzulãoTucanoReprodução Trinca Ferro CalopsitasCanário Gloster
CANAL YOUTUBE
INSCREVA-SE EM NOSSO CANAL
TopSites AvesPT

Cuidados na criação de Canários

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Cuidados na criação de Canários

Mensagem por canaril barbosa em Qua 14 Ago - 21:57

Cuidados na criação de Canários.



Alguns problemas podem ocorrer durante a reproduçăo dos canários. Resumidamente, os principais e a conduta a ser adotada pelo criador:






CANIBALISMO: ocorre quando um dos progenitores come o bico e pés dos filhotes recém nascidos. Isto, provavelmente, deve-se a uma deficięncia vitamínica adquirida em vida ou de origem hereditária. O criador deve misturar ŕ água, durante 15 dias, um polivitamínico em ferro. Caso o fato volte a ocorrer, aconselhamos enxertar os ovos do casal ou eliminar do plantel o pássaro causador da ocorręncia. Ainda, neste caso, pode-se tentar a farinha de carne.






QUEBRA OVOS: ocorre quando um dos progenitores, após ou durante a postura, costuma comer os ovos. O criador deve entăo, usar osso de siba ŕ vontade e, se năo resolver, cortar com tesoura a ponta do bico do canários viciado.




FALTA DE ALEITAMENTO: ocorre quando a fęmea năo alimenta os filhotes recém-nascidos. Deve-se alimentar-se, conseqüentemente dar de comer aos filhotes.








ARRANCAMENTO DE PENAS: a fęmea arranca as penas dos filhotes, provocando sangramento, o criador deve colocar ŕ disposiçăo, na gaiola, grande quantidade de saco de aninhagem cortado ou colocar a grade de separaçăo da criadeira, deixando os filhotes com o macho.








Os filhotes devem ser anilhados entre os seis e oito dias, após o nascimento. Ao efetuar a operaçăo, o criador deverá ter o cuidado de estar com as măos limpas, isentas do cheiro do fumo, uma vez que, ao mais leve odor do cigarro, os canários poderăo abandonar os ovos e filhotes.








PERNAS QUEBRADAS: quando isso ocorre, a primeira medida é colocar uma tala na perna fraturada. A tala pode ser feita de um canhăo de pena, que deve ser de um tamanho que se ajuste confortavelmente em torno da perna do pássaro. Corta-se um pequeno pedaço de pena depenada, o comprimento dependendo da perna a ser tratada. Racha-se esta pequena tala de um lado, separando-a em duas partes; coloca-se a perna dentro e junta-se as duas partes outra vez, apertando com um pedaço de esparadrapo no centro da perna, conservando-a assim. O pássaro deve ser colocado numa pequena caixa ou gaiola, sem poleiros.








As sementes e a água devem ser colocadas no chăo da gaiola, onde ele possa comer ou beber sem ser necessário movimentar as pernas para alcançar os alimentos. A gaiola deve ser coberta com uma capa clara, a fim de esconder qualquer atividade que possa ser vista pelo pássaro, o que o faria mover-se, evitando que os ossos se liguem.








PENAS ESCAMADAS: o problema das pernas escamadas surge, ŕs vezes, em pássaros muito velhos, assim como em alguns filhotes que năo foram bem tratados. Sua causa está relacionada, na maioria das vezes, com a presença de parasitas, introduzidos entre as escamas: também por dieta imprópria e poleiros sujos.








Procede-se o tratamento lavando as pernas em água morna, deixando-as embalagens durante cinco minutos, a fim de amolecer as escamas.








Cuidadosamente, seca-se as escamas com uma toalha absorvente, esfregando-as a seguir com uma pequena quantidade de vaselina. O tratamento pode demorar alguns dias até obter-se a cura, porém ela vem. Ao retirar as escamas é preciso ter muito cuidado, pois o tratamento é muito doloroso.








As regras da hereditariedade descobertas por Mendel, constituem-se num instrumento decisivo na reproduçăo de canários.








Entretanto o criador năo precisa Necessariamente entende-las em sua plenitude. Com o tempo, de maneira geral irá adquirindo conhecimentos genéticos, técnicos e teóricos, necessários a todo bom criador.








É importante porém, que alguns conhecimentos, indispensáveis para o bom andamento da criaçăo.








Os canários dividem-se em dois grandes grupos Linha Clara ou Lipocromica e Linha escura ou Melânica.








A designaçăo Lipocromica, provém de lipocromos, nome genérico de um grupo de pigmentos hidrocarbonatos solúveis em gordura, tais como o caroteno, luteina e xantofila.








O caroteno é um pigmento de cor laranja ou vermelha, encontrado na cenoura, batata doce etc, sendo que, as variedades beta, alfa e gama săo provitaminas que após sintetizadas no organismo, se transforma em vitamina A.








A xantofila está presente nas folhas verdes e vegetais e a luteina se encontra na gema de ovo, no milho, etc.




Ao ingerir estas substâncias o organismo do canário assimila-as dando origem as cores lipocromicas características.




Os carotenóides săo transportados pela corrente sanguínea até o canudo (canhăo) das penas, nelas se depositando continuamente, até se completarem. Este processo se inicia antes mesmo que as penas atravesse a pele.








Por esta razăo é imprescindível no que diz respeito aos canários com fator vermelho, que a cataxantina seja administrada antes que os envólucros irrigados das penas rompam a pele.








Os canários melânicos (linha escura) tem um pigmento chamado melanina, fabricado pelo seu metabolismo orgânico. O processo biológico de síntese de melanina, se desenrola através de fermentos (tiresinase-dopa) até a formaçăo da eumelanina e feumelanina.


As mutaçőes que incidiram sobre a estrutura, densidade e tipo de melanina, influenciaram na variedade de cores melânicas existentes.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]





Resultante da modificaçăo estrutural das células exteriores das penas, existem o fator limăo ou ótico para o azul.


A luminosidade produzida pelo espectro solar, decomposta em radiaçőes, nos dá as varias nuances de cor, que observamos no mesmo nuances de cor, que observamos no mesmo canário em diferentes períodos do dia, ou seja, cores mais amenas de manhă e mais fortes ao entardecer. A plenitude da pureza da cor se observa ao meio dia.




Este fator transmite o efeito óptico que dá a cor amarela, um tom esverdeado, daí a denominaçăo Amarelo Limăo. Nos canários brancos, aumenta o brilho da plumagem, dando a ilusăo óptica de uma tonalidade mais branca. Nos pássaros vermelhos por influęncia do fator, a cor vermelha é mais intensa e brilhante.

Cuidados na criação de canarios





O fator ótico para o azul, quando inserido nos gens dos canários da linha escura, elimina os resíduos feomelanicos dispersos (manto marrom) proporcionando maior nitidez e contraste entre as melaninas e o lipocromo.








Tomando por exemplo, ao introduzirmos o fator ótico nos canários Ágata, eliminamos a feomelanina presente no dorso (manto) dos canários, obtendo dessa forma exemplares com as melaninas mais nítidas, em perfeito contraste com o lipocromo.


Essa regra se aplica a todos os canários de linha escura e pelas consideraçőes apresentadas, entendo que os novos canários de linha escura, com ausęncia quase total de feomelanina marrom no manto, estăo ligados ao fator ótico para o azul.








Esse fator é de caráter recessivo e como tal, precisa estar presente em dose dupla nos dois gametas, ou seja, no macho e fęmea, para que possa manifestar-se e aparecer na plumagem.




dabce dabce dabce dabce dabce estudar
avatar
canaril barbosa
Passarinheiro Recente
Passarinheiro Recente

Mensagens : 77
Pontos : 143
Reputação : 0
Data de inscrição : 01/08/2013
Idade : 17
Localização : santa catarina

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cuidados na criação de Canários

Mensagem por Eduardo Machado em Dom 18 Ago - 20:24

Tópico Fixo !!! Abraços 



  [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
avatar
Eduardo Machado
ADMINISTRADOR
ADMINISTRADOR

Mensagens : 15173
Pontos : 18848
Reputação : 1230
Data de inscrição : 07/12/2010
Idade : 35
Localização : Espirito Santo do Pinhal - SP

https://www.criadoresdepassaros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cuidados na criação de Canários

Mensagem por canaril barbosa em Dom 18 Ago - 21:21

posi1 posi1 posi1 posi1 posi1 posi1 VOANDO
avatar
canaril barbosa
Passarinheiro Recente
Passarinheiro Recente

Mensagens : 77
Pontos : 143
Reputação : 0
Data de inscrição : 01/08/2013
Idade : 17
Localização : santa catarina

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cuidados na criação de Canários

Mensagem por Huenio Barreto em Qui 22 Ago - 22:31

show!!


[i]Huenio santos[/i]









Saudades do tempo dos velhos momentos... ♫♫♪
avatar
Huenio Barreto
Pasarinheiro Expert
Pasarinheiro Expert

Mensagens : 4201
Pontos : 4806
Reputação : 233
Data de inscrição : 26/01/2013
Idade : 18
Localização : Bahia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cuidados na criação de Canários

Mensagem por Rodrigo Coutinho em Dom 1 Set - 20:24

bom! muito bom!aplausos
avatar
Rodrigo Coutinho
Passarinheiro Recente
Passarinheiro Recente

Mensagens : 97
Pontos : 133
Reputação : 0
Data de inscrição : 22/08/2013
Localização : Mangaratiba-RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum