ANUNCIOS
Últimos assuntos
» Casal de pintassilgos
por dinoo Hoje à(s) 18:24

» Transporte de aves
por Pablo1999 Hoje à(s) 17:58

» Ninho de canário belga
por canarios_art Hoje à(s) 16:48

» Ninho de canário belga
por canarios_art Hoje à(s) 16:47

» DESAFIO QUE PASSARINHO É ESSE ?
por Eduardo Machado Hoje à(s) 15:11

» Colocar ovos para canária belga chocar
por SergioSantos(Serginho) Hoje à(s) 14:25

» Tirem minha duvida
por SergioSantos(Serginho) Hoje à(s) 14:13

ANUNCIO
SITES PARA CRIADOR
AJUDA COM OUTROS ANIMAIS
CANAL YOUTUBE
TopSites AvesPT
PESQUISE SOBRE ESPECIES
ATUALIZAÇÕES
Loading...

Como criar e reproduzir Trinca de Ferro em cativeiro

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Como criar e reproduzir Trinca de Ferro em cativeiro

Mensagem por Eduardo Machado em Sab 19 Abr - 8:42

Como criar e reproduzir Trinca de Ferro ..

Alimentação
Hábito alimentar: Onívoro.
Ração: Diariamente a mistura: 50% de ração peletizada comercial para sabiás, 20% de alpiste, 15% de arroz com casca, 10% de girassol e 5% de aveia.

Água: Filtrada, renovada diariamente, em bebedouro limpo.

Alimento vivo: Oferecer cerca de 5 larvas para cada pássaro 3 vezes por semana, durante o ano todo. Até 30 larvas de Tenebrio molitor/dia por fêmea com filhotes.

Frutas, legumes e verduras: Diariamente, desde que livres de agrotóxicos e bem limpas. Frutas: maçã, mamão, laranja, goiaba, banana. Legumes: pimentão, jiló, berinjela e cenoura. Verduras: escarola, couve, serralha, almeirão. Oferecer algum desses alimentos 3 vezes por semana. Retirar após 30 minutos.

Farinhada no.1: Fêmeas em reprodução: mistura de 50% de fubá grosso de milho e 50% de ração de codorna (postura).

Farinhada no.2: Para fêmeas com filhotes e pássaros na época de muda: mistura a base de ovo cozido, flocos de milho pré-cozidos e farelo de soja (submetido a processo industrial de tostagem).

Poli-vitamínico: Quando necessário

Areia: Limpa, esterilizada, podendo ser fornecida junto com um complexo mineral.
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.][Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Reprodução:

Período de reprodução: Primavera e verão.

Período de descanso: Outono e inverno.

Fêmeas e filhotes: Não apresentam dimorfismo sexual. Jovens de peito e abdômen estriados de negro.

Maturidade sexual 12 meses.

Incubação: 2 a 3 posturas por temporada, 2 a 3 ovos/postura, 13 dias de incubação, podendo os filhotes serem separados da mãe aos 35 dias de idade.

Gaiola do reprodutor: 50cm de comp. x 40cm de alt. x 40cm de larg

Gaiola da matriz: 80cm de comp. x 40cm de alt. x 40cm de larg.

Ninho: Tipo taça, feito em arame e sisal, com 12,0cm de diâmetro e 6,0cm de profundidade. Um vaso de xaxim pode ser utilizado como ninho.

Material p/ ninho: Fibra de sisal, fibra de coco e raiz de capim.

Anel: No. 6.

Criação de Trinca Ferro - MÉTODOS DE CRIAÇÃO

O criador pode optar por duas formas de criação: MONOGAMIA ou POLIGAMIA, que dependerá da finalidade da criação.

A monogamia é o sistema onde há formação do casal, onde os dois ficam responsáveis por alimentar os filhotes.

Vantagem:
• Menor trabalho com manejo reprotudivo;
• Maior facilidade na alimentação dos filhotes.

Desvantagens:
• Gaiolas ou viveiros maiores;
• Necessidade de espaço maior para criação;
• Riscos de agressões aos filhotes;
• Melhoramento genético lento;
• Menor produtibilidade.
A poligamia é o sistema onde um macho é utilizado para cobertura de mais de uma fêmea, podendo chegar facilmente

numa relação de 1:5.

Vantagens:
• Gaiolas menores;
• Verticalização da produção;
• Espaço menor para criação;
• Maior produtibilidade;
• Melhores condições de seleção genética;
• Menor riscos de agressões aos filhotes.

Desvantagens:
• Maior tempo dispensado para o manejo reprodutivo;
• Ajuda na alimentação dos filhotes.

MANEJO REPRODUTIVO NA POLIGAMIA

Nestas condições a fêmea é a dona do território, exerce dominância, chegando muitas vezes a demonstrar agressividade na presença do macho. O macho demonstra respeito pela fêmea, às vezes medo.

Para facilitar o cruzamento, precisamos de fêmeas dominantes sem agressividade e machos que respeitem as fêmeas, mas que não tenham medo.

Fêmeas muito agressivas ou macho com medo, representam maiores dificuldades para o cruzamento.

É comum as fêmeas de trinca pedirem gala mesmo não estado prontas. Este comportamento é chamado pelos criadores de “gala falsa”. Normalmente estas fêmeas são boas criadeiras e é um sinal que estão bem adaptadas ao cativeiro.

A “gala falsa” é uma dificuldade a mais na hora de fazer os cruzamento. Brigas são comuns e muitas vezes acabamos perdendo um bom reprodutor, por este ficar com medo da fêmea ou agressivo, não fazendo mais a cobertura.

Na tentativa de diminuir estes acidentes, passo a informar alguns cuidados e observações que o criador deve ter:

Somente tente fazer o macho galar a fêmea, se esta estiver confeccionando o ninho. Se ela pedir gala, mas estiver acompanhado os movimentos do macho, não é a hora.

A fêmea, quando pronta, fica estática, parece estar em transe. Portanto, se estiver movimentando a cabeça ou o corpo, ainda não é a hora.

Normalmente quando ela esta pronta, ela pede gala e junta as penas da cauda para facilitar a cobertura.

Use a grade divisória na gaiola da fêmea. Se o macho entrar na gaiola e ela continuar parada, é sinal que esta pronta. Então volte o macho para a gaiola dele, espere de 20-30 minutos e deixe-o entrar na gaiola, agora sem a divisória.
Se a fêmea pedir gala de costas para o macho, provavelmente ela vai deixar ele galar.

Estas são observações que podem ajudar, mas com o tempo o criador passa a conhecer melhor as fêmeas, e saberá detalhes do comportamento de cada uma, tendo assim melhores resultados.

As fêmeas podem continuar aceitando o macho por até 3 dias. A postura ocorre, normalmente, 2 dias após ela não aceitar mais cobertura.

Se o macho estiver com uma boa fertilidade, uma cobertura é suficiente para fertilizar todos os ovos. No início da temporada é importante deixar o macho fazer mais coberturas até termos maiores garantias da fertilidade. Depois é melhor diminuir as coberturas, assim poderemos cobrir mais fêmeas com um mesmo macho.

INCUBACÃO DOS OVOS
Os ovos serão incubados por 13 dias.
A ovoscopia, para se ter maior segurança, deve ser feita com 5 dias, mas a partir de 3 dias já é possível observar o embrião.


NASCIMENTO DOS FILHOTES

Nos primeiros dias de vida dos filhotes, a fêmea procura basicamente por alimento vivo. É importante fornecer também uma farinhada umedecida de boa qualidade, com níveis de proteína acima de 20%.

É preciso regular a quantidade de larvas de tenébrio, pois o seu excesso pode causar compactação nos filhotes.

O criador pode tentar não fornecer alimento vivo, para isso recomendo adição de 2-3 % de farinha de minhoca na farinhada.


SEPARAÇÃO DOS FILHOTES

Os filhotes devem ser separados entre 35-40 dias.

É uma fase crítica para os filhotes. O estresse da separação pode predispor o filhote a doenças, devido uma baixa nas defesas do seu organismo. Portanto devemos fazer o possível para evitar transtornos nesta fase.
• Não junte filhotes de mais de uma ninhada numa mesma gaiola. Caso não seja possível, pelo menos não deixe filhotes mais velhos com os mais novos. Os mais valentes podem bater nos mais novos, prejudicando o seu desenvolvimento e causando estresse.
• Fornecer um soro hidratante e ou um complexo vitamínico nesta fase é muito importante, pelo menos uns 7-10 dias.
• Mantenha os cuidados com a higiene. Os filhotes experimentam de tudo, inclusive as fezes. Uma gaiola com a grade alta no fundo, é indispensável.
• Uma grande preocupação nesta fase é com a coccidiose. Se possível, monitore com exames de fezes o número de oocistos.
• Sempre que observar algum filhote com problemas, separe-o para que possa ser melhor tratado.
• O principal é não deixar os filhotes adoecerem, pois a recuperação, dependendo do caso, é bem difícil.

Criação de Trinca Ferro - ALIMENTAÇÃO
O Trinca-ferro (Saltator similis) tem sua alimentação muito diversificada. Alimenta-se de uma grande variedade de sementes (alpiste, painços, girassol, aveia, cártamo, lentilha, sorgo, cânhamo...), rações peletizadas, frutas e legumes. Para quem está querendo criar em larga escala, esta diversificação acaba complicando muito o manejo e dificultando as condições de higiene, podendo levar as aves a quadros de diarréias e intoxicações diversas. Outro problema é que a ave adquire preferência por certos alimentos, como sementes maiores e mais oleosas, e isso faz com que sua dieta fique desbalanceada, levando a quadros de obesidade e subnutrição.

O ideal seria que o pássaro recebesse uma dieta única, onde ele possa ter todos os nutrientes que necessita (proteínas, açúcares, gorduras, vitaminas e sais minerais). As rações extrusadas facilitarão muito este trabalho e com certeza teremos melhores resultados.

Vou relatar minha experiência onde uso uma ração peletizada, como base da dieta, uma farinhada de boa qualidade, grite mineral e suplementação de aminoácidos, vitaminas e minerais.
Uso tanto na ração peletizada quando na farinhada, 1% do suplemento.

Alimento Vivo: É necessário fornecer larvas de tenébrio, como fonte de proteína animal para os filhotes. Nos primeiros dias de vida dos filhotes as fêmeas procuram basicamente por alimentos vivos. Um provável substituto será a farinha de minhoca, sendo adicionada na farinhada numa proporção de 2-3 %.

Água: A água de beber deve ser filtrada e os bebedouros bem limpos.
Os trincas têm o hábito de levar alimento para o bebedouro, criando assim um ambiente propício para surgimento de bactérias e de fungos. Por isso o bebedouro deve ser bem lavado.

Criação de Trinca Ferro - FASES DA CRIAÇÃO


Considerando que temos três fases na criação, reprodução, muda e manutenção, fornecemos estes alimentos da seguinte forma:

FÊMEAS
Reprodução – Fase de maior exigência, onde além das necessidades de manutenção a ave tem que produzir ovos e tratar dos filhotes.
Nesta fase é fornecida a ração peletizada e a farinhada seca, quando ainda não se tem filhotes, e umedecida, para trato dos filhotes.

Muda – É uma fase também de muita exigência e estresse.
Nesta fase é fornecida a ração peletizada e a farinhada seca, diminuindo a quantidade de farinhada à medida que a muda vá terminando.

Manutenção – É a fase de menor exigência, onde devemos preparar a ave para reprodução. Nesta fase a ave teve estar com uma plumagem completa, e uma condição corporal que possibilite passar pela fase de reprodução com uma boa produtividade sem prejudicar sua saúde.

Nesta fase é fornecida basicamente a ração peletizada. Com a aproximação do período reprodutivo, inicia-se com a farinhada em pouca quantidade e vai-se aumentando. Este aumento de alimento auxilia na preparação das aves para a reprodução.
Em todas as fases é fornecido o grite mineral à vontade.

MACHOS
Podemos seguir o mesmo esquema das fêmeas, fornecendo uma quantidade menor de farinhada do período de reprodução.

ESCORE CORPORAL
Para facilitar uma análise da condição corporal dos nossos pássaros, pensei numa forma de avaliação. Desta forma poderemos dizer com maior facilidade se o pássaro está gordo, magro, obeso ou em caquexia.

Escore um: Pássaro muito magro, peito em facão, musculatura atrofiada (caquexia).
Escore dois: Pássaro magro, peito com perda de massa muscular.
Escore três: Passaro com a musculatura cobrindo toda a quilha do peito, podendo apresentar pequena camada de gordura abdominal.
Escore quatro: Pássaro apresenta grande quantidade de gordura abdominal.
Escore cinco: Pássaro com grande quantidade de gordura no abdômen e no peito (peito-de-bombo).
O ideal é que o pássaro entre em reprodução com o escore corporal entre três e quatro.

Criação de Trinca Ferro - GAIOLAS PARA CRIAÇÃO E HIGIENE
O tamanho ideal para as gaiolas de criação é de 80 cm de comprimento, 40cm de altura e 30cm de profundidade para as gaiolas das fêmeas e 40x40x30 para os machos. As gaiolas devem ter uma grade móvel no fundo a uma altura maior que 3 cm da bandeja. Com esta grade evita-se que as fêmeas puxem o papel do fundo e diminui o contado direto com as fezes.

POLEIROS
Não podem ser lisos, de preferência frisados, com diâmetros variados.

NINHO
O ninho pode ser confeccionado em bucha ou sisal, com diâmetro de 10,5 cm e 6 cm de profundidade.
É importante fornecer raízes, sisal cortado em pedaços de até 8cm ou fibras de folha de coqueiro, para que a fêmea confeccione o ninho.
A maioria das fêmeas roda o ninho, mas deixa nele pouco material.
Algumas chegam a encher o ninho criando um espaço com o diâmetro bem menor.

SALA DE CRIAÇÃO
Deve ser bem clara e arejada. Deve-se evitar cantos retos como soleiras de janelas, para que não haja acúmulo de poeira, penas, restos de alimento etc.
O Piso deve ser de fácil limpeza e as paredes de cor clara.

HIGIENE
A melhor forma para se proceder na limpeza de qualquer utensílio, é seguir esta seqüência:
Primeiro temos que retirar as partículas maiores com jato de água. Isso facilita a ação dos detergentes e desinfetantes nas superfícies.

Em seguida podemos deixar de molho numa solução com detergente por 20-30 minutos e depois com uma escova ou uma bucha esfregar toda a superfície.
Enxaguar bem e depois fazer a desinfecção, que pode ser com uma solução de hipoclorito (cloro), quaternários de amônia etc.
Existem no mercado detergentes clorados, que eliminam a necessidade da desinfecção.

Gaiolas –
As gaiolas devem ser limpas todos os dias, retirando o papel da bandeja, lavando a grade com água e detergente e desinfetando-a com uma solução colorada a 300- 400 ppm (25 ml de cloro a 12% em 10 litros de água). É claro de outros desinfetantes podem ser usados.

O uso do calor para desinfecção das gaiolas é importante e deve ser feito pelo menos uma vez ao ano. Pode ser usado uma vassoura de fogo ou estufas.

Poleiros – 
O uso da grade no fundo da gaiola, diminui muito as sujidades nos poleiros. O criador deve observar bem a posição dos poleiros para que ao defecar o pássaro não suje o poleiro que estiver abaixo.
Os poleiros devem ser mantidos sempre limpos.

Bebedouros
 Devem ser bem lavados, escovados e desinfetados todos os dias, pois os trincas têm o hábito de umedecer o alimento, criando na água do bebedor um ambiente propício para bactérias e fungos.

Comedouros – 
Devem ser limpos pelo menos uma vez por semana, mas o criador deve ficar atento, pois assim como nos bebedouros, o alimento umedecido incrustado cria um ambiente favorável principalmente para os fungos.

Sala de criação – 
Não deixar acumular penas e restos de alimentos no chão. O uso de bandejas móveis sob as prateleiras diminui a necessidade de varrer o local todo o dia, estressando menos os pássaros.
Canto – Deve ser colocado um mestre ou mesmo um cd , desde o sexto dia após a fêmea estiver chocando , para os filhote aprenderem o canto desejado . Se for cd , programar para tocar 15 minutos , para 10 minuto , toca 10 minutos , para 15 minutos e assim por diante e tocar num tom suave não muito alto ,para que o passaro não se estresse com o canto

Eduardo Machado - Criador e Administrador do Criadores de Pássaros


Última edição por Eduardo Machado em Dom 20 Abr - 17:56, editado 1 vez(es)

Eduardo Machado
ADMINISTRADOR
ADMINISTRADOR

Mensagens : 14473
Pontos : 17751
Reputação : 1049
Data de inscrição : 07/12/2010
Idade : 34
Localização : Espirito Santo do Pinhal - SP

http://www.criadoresdepassaros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como criar e reproduzir Trinca de Ferro em cativeiro

Mensagem por Diego marcilio em Sab 19 Abr - 11:41

Muito Bom Eduardo !

Diego marcilio
Moderador Silvestres
Moderador Silvestres

Mensagens : 1196
Pontos : 1411
Reputação : 139
Data de inscrição : 25/06/2013
Idade : 17
Localização : Santa Catarina

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como criar e reproduzir Trinca de Ferro em cativeiro

Mensagem por Franqlim Pereira em Sab 19 Abr - 14:58

show!!!


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


.... as respostas  para nossas perguntas  nem sempre e aquelas que queremos receber....
.....mais sim as que necessitamos para nosso bem........

Franqlim Pereira
Pasarinheiro Expert
Pasarinheiro Expert

Mensagens : 6514
Pontos : 7150
Reputação : 518
Data de inscrição : 14/09/2012
Idade : 30
Localização : volta redonda/RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como criar e reproduzir Trinca de Ferro em cativeiro

Mensagem por João Pereira em Qui 22 Maio - 11:06

esse tópico é mais um  com boas dicas . 

João Pereira
Pasarinheiro Expert
Pasarinheiro Expert

Mensagens : 8295
Pontos : 9306
Reputação : 557
Data de inscrição : 01/07/2013
Idade : 31
Localização : perdido em algum lugar desse Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como criar e reproduzir Trinca de Ferro em cativeiro

Mensagem por edison nantes em Qua 12 Nov - 8:47

Gostei muito deste tópico, pois pude sanar várias dúvidas . ok

edison nantes
Passarinheiro Recente
Passarinheiro Recente

Mensagens : 4
Pontos : 4
Reputação : 0
Data de inscrição : 06/02/2013
Idade : 48
Localização : osasco

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como criar e reproduzir Trinca de Ferro em cativeiro

Mensagem por Eduardo Machado em Sex 20 Fev - 22:22

Boa noite criadores de Pássaros de todo pais , não deixe de ler ... Boa sorte a todos na criação !

Eduardo Machado
ADMINISTRADOR
ADMINISTRADOR

Mensagens : 14473
Pontos : 17751
Reputação : 1049
Data de inscrição : 07/12/2010
Idade : 34
Localização : Espirito Santo do Pinhal - SP

http://www.criadoresdepassaros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como criar e reproduzir Trinca de Ferro em cativeiro

Mensagem por Joseailton em Sab 21 Fev - 23:52

Excelent s dicas.

Joseailton
Passarinheiro Recente
Passarinheiro Recente

Mensagens : 1
Pontos : 1
Reputação : 0
Data de inscrição : 21/02/2015
Idade : 59
Localização : Vila Velha - ES

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como criar e reproduzir Trinca de Ferro em cativeiro

Mensagem por Eduardo Machado em Ter 3 Mar - 20:18

estudar

Não deixe de ler criadores !!! Att


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Eduardo Machado
ADMINISTRADOR
ADMINISTRADOR

Mensagens : 14473
Pontos : 17751
Reputação : 1049
Data de inscrição : 07/12/2010
Idade : 34
Localização : Espirito Santo do Pinhal - SP

http://www.criadoresdepassaros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como criar e reproduzir Trinca de Ferro em cativeiro

Mensagem por jorge viana em Qua 25 Mar - 19:34

Gostei muito pois vai me ajudar bastante.

jorge viana
Passarinheiro Recente
Passarinheiro Recente

Mensagens : 4
Pontos : 6
Reputação : 0
Data de inscrição : 24/03/2015
Idade : 57
Localização : rio de janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como criar e reproduzir Trinca de Ferro em cativeiro

Mensagem por Eduardo Machado em Qua 25 Mar - 19:39

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu:Gostei muito pois vai me ajudar bastante.


Show .. vamos que vamos , boa sorte na criação ! dabce


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Eduardo Machado
ADMINISTRADOR
ADMINISTRADOR

Mensagens : 14473
Pontos : 17751
Reputação : 1049
Data de inscrição : 07/12/2010
Idade : 34
Localização : Espirito Santo do Pinhal - SP

http://www.criadoresdepassaros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como criar e reproduzir Trinca de Ferro em cativeiro

Mensagem por Eduardo Machado em Sex 15 Maio - 21:45

Boa noite criadores , não deixem de ler !!! Att


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Eduardo Machado
ADMINISTRADOR
ADMINISTRADOR

Mensagens : 14473
Pontos : 17751
Reputação : 1049
Data de inscrição : 07/12/2010
Idade : 34
Localização : Espirito Santo do Pinhal - SP

http://www.criadoresdepassaros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como criar e reproduzir Trinca de Ferro em cativeiro

Mensagem por Eduardo Machado em Dom 7 Jun - 10:05

Otimo artigos amigos criadores !! Vamos que vamos !


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Eduardo Machado
ADMINISTRADOR
ADMINISTRADOR

Mensagens : 14473
Pontos : 17751
Reputação : 1049
Data de inscrição : 07/12/2010
Idade : 34
Localização : Espirito Santo do Pinhal - SP

http://www.criadoresdepassaros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Duvidas sanadas.obrigado

Mensagem por marilson luiz afonso em Seg 10 Ago - 8:49

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu:Gostei muito deste tópico, pois pude sanar várias dúvidas . ok

marilson luiz afonso
Passarinheiro Recente
Passarinheiro Recente

Mensagens : 1
Pontos : 1
Reputação : 0
Data de inscrição : 10/08/2015
Idade : 46
Localização : igarapé

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como criar e reproduzir Trinca de Ferro em cativeiro

Mensagem por edwin david em Dom 16 Ago - 14:33

Tirei varias duvidas aqui. obg

edwin david
Passarinheiro Recente
Passarinheiro Recente

Mensagens : 22
Pontos : 38
Reputação : 0
Data de inscrição : 12/08/2015
Idade : 26
Localização : blumenau

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como criar e reproduzir Trinca de Ferro em cativeiro

Mensagem por CÉLIA MARIA CAYRES em Dom 16 Ago - 15:07

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu:Tirei varias duvidas aqui. obg

Boa tarde amigos Criadores de Pássaros !


Edwind,


Que bom que gostou do artigo e as dicas !

CÉLIA

CÉLIA MARIA CAYRES
SUPERVISOR CHEFE
SUPERVISOR CHEFE

Mensagens : 5581
Pontos : 8188
Reputação : 523
Data de inscrição : 06/09/2013
Idade : 51
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como criar e reproduzir Trinca de Ferro em cativeiro

Mensagem por Eduardo Du Augusto em Sex 28 Ago - 21:46

QUE BELEZA DE ESPRICACAO 
MUITO ESCRARECEDOR  VALEU..

Eduardo Du Augusto
Passarinheiro Recente
Passarinheiro Recente

Mensagens : 19
Pontos : 41
Reputação : 0
Data de inscrição : 29/11/2013
Idade : 30
Localização : Guaratinguetá

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como criar e reproduzir Trinca de Ferro em cativeiro

Mensagem por CÉLIA MARIA CAYRES em Qua 2 Set - 22:43

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu:QUE BELEZA DE ESPRICACAO 
MUITO ESCRARECEDOR  VALEU..


Boa noite amigos Criadores de Pássaros ! 


Eduardo Du,


Que bom saber que você e os nossos membros do Fórum estão gostando do artigo.

CÉLIA

CÉLIA MARIA CAYRES
SUPERVISOR CHEFE
SUPERVISOR CHEFE

Mensagens : 5581
Pontos : 8188
Reputação : 523
Data de inscrição : 06/09/2013
Idade : 51
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como criar e reproduzir Trinca de Ferro em cativeiro

Mensagem por Rob Patricio Silveira em Seg 23 Nov - 14:31

Boa tarde,
Eduardo,Obrigado.
Adquiri um trica ferro, sou inexperiente com o mesmo mais fanático pelo trica ferro.
Sempre apreciei o mesmo mais nunca tive coragem de adquiri, estive trabalhando semana passada em Rio Fortuna e encontrei um colega que fazia muito tempo que nós não se via.
Em visita na sua casa para conhecer sua família, percebi que o mesmo tinha 2 trinca ferro um não cantava e outro muito pouco.
Então comentei para ele que gostava muito do passarinho, onde me presenteou com um deles.

Agora estol estudando no sait e fórum para saber como criar o pássaro.

Rob Patricio Silveira
Passarinheiro Recente
Passarinheiro Recente

Mensagens : 1
Pontos : 1
Reputação : 0
Data de inscrição : 23/11/2015
Idade : 42
Localização : cocal do sul

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como criar e reproduzir Trinca de Ferro em cativeiro

Mensagem por rodrigo bezerra em Sab 19 Mar - 19:45

Muito boa a matéria gostei muito. Só uma dúvida a lentilha que tu fala na matéria e a mesma que vende em mercado,e essa ração que tu fala (ração peletizada) o que seria ela.




estudar


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

rodrigo bezerra
Pasarinheiro Expert
Pasarinheiro Expert

Mensagens : 1834
Pontos : 2112
Reputação : 67
Data de inscrição : 21/06/2011
Idade : 35
Localização : rio de janeiro

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como criar e reproduzir Trinca de Ferro em cativeiro

Mensagem por CÉLIA MARIA CAYRES em Sab 19 Mar - 23:14

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu:Muito boa a matéria gostei muito. Só uma dúvida a lentilha que tu fala na matéria e a mesma que vende em mercado,e essa ração que tu fala (ração peletizada) o que seria ela.




estudar

Boa noite amigos Criadores de Pássaros !


Rodrigo,


Pode abrir um novo tópico com suas dúvidas na área correta "Saúde, Alimentação e Cuidados", clique em "Alimentação e nutrição", ok ?  estudar


Esse tópico é antigo, e não permitido postar novas dúvidas em tópicos em andamento ou encerrados ! estudar  




CÉLIA

CÉLIA MARIA CAYRES
SUPERVISOR CHEFE
SUPERVISOR CHEFE

Mensagens : 5581
Pontos : 8188
Reputação : 523
Data de inscrição : 06/09/2013
Idade : 51
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como criar e reproduzir Trinca de Ferro em cativeiro

Mensagem por CÉLIA MARIA CAYRES em Qua 18 Maio - 22:04

Boa noite amigos Criadores de Pássaros !




Vamos ler ?


Obs.: Não deve postar novas dúvidas nesse tópico, abra um novo tópico 
na área correta, ok ? cafe 



CÉLIA

CÉLIA MARIA CAYRES
SUPERVISOR CHEFE
SUPERVISOR CHEFE

Mensagens : 5581
Pontos : 8188
Reputação : 523
Data de inscrição : 06/09/2013
Idade : 51
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como criar e reproduzir Trinca de Ferro em cativeiro

Mensagem por Rodrigo Mendes Martins em Sex 3 Jun - 10:03

Show informações

Rodrigo Mendes Martins
Passarinheiro Recente
Passarinheiro Recente

Mensagens : 7
Pontos : 9
Reputação : 0
Data de inscrição : 03/06/2016
Idade : 34
Localização : Belo Horizonte

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como criar e reproduzir Trinca de Ferro em cativeiro

Mensagem por Antonio Liberato em Seg 8 Ago - 10:49

Não deixem de conhecer o Criadouro Liberato

No site cardealamarelo . com . br

Tudo sobre o Cardeal-amarelo, está magnifica espécie ameaçada de extinção!!


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Antonio Liberato
Passarinheiro Recente
Passarinheiro Recente

Mensagens : 11
Pontos : 18
Reputação : 3
Data de inscrição : 08/08/2016
Idade : 30
Localização : Balneário Camboriú

http://www.cardealamarelo.com.br

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Como criar e reproduzir Trinca de Ferro em cativeiro

Mensagem por CÉLIA MARIA CAYRES em Seg 8 Ago - 22:26

Boa noite amigos Criadores de Pássaros !

Antonio,

Esse tópico está encerrado, não deve ser postadas novas dúvidas !


Obrigada ,





CÉLIA

CÉLIA MARIA CAYRES
SUPERVISOR CHEFE
SUPERVISOR CHEFE

Mensagens : 5581
Pontos : 8188
Reputação : 523
Data de inscrição : 06/09/2013
Idade : 51
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum