Doenças em calopsitas, o perigo do silêncio
ANUNCIOS
Publicidade

free counters
Guias para criação
Anuncios

    Nenhum anúncio

    Face
    Fechar Anuncio!
    Curta nosso Facebook
    Compartilhe
    Ir para baixo
    Eduardo Machado
    Eduardo Machado
    ADMINISTRADOR
    ADMINISTRADOR
    Mensagens : 17006
    Pontos : 21597
    Reputação : 1512
    Data de inscrição : 07/12/2010
    Idade : 39
    Localização : Espirito Santo do Pinhal - SP
    https://www.criadoresdepassaros.com

    Doenças em calopsitas, o perigo do silêncio Empty Doenças em calopsitas, o perigo do silêncio

    Ter 20 Mar - 15:05

    Doenças em calopsitas, o perigo do silêncio 10807375354_d4a88d062e_o-768x512

    Doenças em calopsitas, o perigo do silêncio



    Você sabe quais são as principais doenças em calopsitas? Esse é um assunto muito importante e necessário, já que a calopsita é a ave pet mais querida por todos, e quando se trata de saúde o problema é sério.
    A maioria das doenças em calopsitas são silenciosas e sempre nos pegam de surpresa, os sintomas surgem quando a ave já está em um estágio de infecção avançado, dificultando o diagnóstico e tratamento.
    É importante ressaltar que essas doenças também são transmissíveis ao ser humano, uma zoonose, e devido ao contato direto com nossas aves, é importante ter muito cuidado e atenção.


    Sabendo disso, vamos apresentar pra você os três principais vilões que afetam a qualidade de vida de nossos amigos de penas e tiram nosso sono.


    Clamidiose: a infecção pode ocorrer por meio da inalação ou da ingestão de poeira contaminada, é muito perigosa pois a sobrevida da bactéria é de até oito meses em sujeira de gaiola, aproximadamente dois meses em alimentos e rações das aves e ainda por duas a três semanas em superfícies duras.
    Entre os principais sintomas podemos destacar a infecção no trato digestivo, respiratório e/ou infecção sistêmica que causa falta de apetite, perda de peso, depressão, alterações no comportamento, fezes amolecidas e esverdeadas, secreção em olhos e narinas. Infelizmente a evolução desses sintomas podem chegar a uma disfunção hepática nas aves, o que é fatal.


    Micoplasmose: é uma patologia altamente contagiosa que age como um imunossupressor, ou seja, afeta e debilita o sistema imune das aves, dessa forma é uma porta de entrada para outras doenças. Os principais sintomas nas calopsitas são os espirros, rouquidão e pneumonia.


    Megabacteriose: é um fungo silencioso que faz com que as aves não consigam digerir corretamente os alimentos, causando regurgitação de sementes, sujeira no bico e presença de sementes inteiras nas fezes, perdendo nutrientes e enfraquecendo ainda mais as aves.


    Salmonelose: é uma bactéria muito conhecida por causar diarreia, fezes amolecidas, baixa fertilidade nos ovos e morte embrionária, ela acomete aves de qualquer idade e em alguns casos pode ser fatal por causar o emagrecimento severo.


    Estes sintomas acontecem com suas aves? Não perca tempo, entre agora mesmo em contato conosco, uma equipe altamente capacitada está pronta pra lhe atender e ajudar a solucionar os problemas com as doenças em calopsitas, proporcionando mais saúde ao seu amigo de penas e maior segurança para sua família.



     



                                                                   


    https://www.criadoresdepassaros.com/forum
    CÉLIA MARIA CAYRES
    CÉLIA MARIA CAYRES
    SUPERVISOR CHEFE
    SUPERVISOR CHEFE
    Mensagens : 5966
    Pontos : 8926
    Reputação : 566
    Data de inscrição : 06/09/2013
    Idade : 56
    Localização : São Paulo

    Doenças em calopsitas, o perigo do silêncio Empty Re: Doenças em calopsitas, o perigo do silêncio

    Sab 24 Mar - 13:45
    Boa tarde Amigos Criadores de Pássaros !

    A Calopsita é um pássaro muito requisitado para crianças e adultos.

    Por falta de conhecimentos as pessoas não levam ao veterinário para fazer uma avaliação.

    A Calopsita pode transmitir doenças ou também adquirir.

    Doenças que podem ser transmitida para o ser humano.

    Por isso é ideal levar a cada 6 meses a calopsita ao veterinário para que seja feito exames para diagnosticar se está doente.

    CÉLIA
    Ir para o topo
    Permissão neste fórum:
    Você não pode responder aos tópicos