ANUNCIOS
Últimos assuntos
» Faz mal passear com coleiro no tempo frio ???
por Fábio Tobias Ontem à(s) 19:55

» QUE MES COMECA A EPOCA DE MUDA DOS AZULAO
por Hellhammer Ontem à(s) 19:55

» Como usar o ivomec em coleiro
por juliano silva Ontem à(s) 18:46

» Criadores
por Jeferson Lemos Ontem à(s) 17:57

» ajuda com rolinhas
por Geonildo Ontem à(s) 10:37

» Gavião da europa
por Eduardo Machado Ontem à(s) 9:34

» Manon só choca ovos da mesma cor dos seus?
por CÉLIA MARIA CAYRES Sex 28 Abr - 23:52

ANUNCIO
SITES PARA CRIADOR
AJUDA COM OUTROS ANIMAIS

Coccidiose (Isospora sp. e Eimeira sp.) - doenças

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Coccidiose (Isospora sp. e Eimeira sp.) - doenças

Mensagem por CÉLIA MARIA CAYRES em Ter 29 Mar - 22:30

Boa noite amigos Criadores de Pássaros !


Vamos aprender o que é Coccidiose (Isospora sp. e Eimeira sp.)


A doença:


A Coccidiose é, sem dúvida, a principal infecção parasitária presente na criação de aves de estimação. É causada por protozoários intracelulares dos gêneros Isospora e Eimeria. São muitas as espécies causadoras da doença e responsáveis por quadros clínicos extremamente variáveis, que vão desde infecções subclínicas, onde a doença é imperceptível, até a surtos com alta mortalidade.


Sintomas:


Emagrecimento agudo (peito seco), mudança de pigmentação da pele da canela, penas arrepiadas, anorexia, tristeza, fezes aquosas, mucosas ou hemorrágicas e manifestações de dor abdominal (por meio da respiração acelerada).


Prevenção


Pra prevenir a coccidiose, o contato com as fezes contaminadas precisa ser evitado. Isso pode ser feito utilizando piso de telas nas gaiolas e viveiros. A limpeza diária na criação também é importante e eficaz, uma vez que os Coccidiose (Isospora sp. e Eimeira sp.)


A doença:


A coccidiose é, sem dúvida, a principal infecção parasitária presente na criação de aves de estimação. É causada por protozoários intracelulares dos gêneros Isospora e Eimeria. São muitas as espécies causadoras da doença e responsáveis por quadros clínicos extremamente variáveis, que vão desde infecções subclínicas, onde a doença é imperceptível, até a surtos com alta mortalidade.


Sintomas:


Emagrecimento agudo (peito seco), mudança de pigmentação da pele da canela, penas arrepiadas, anorexia, tristeza, fezes aquosas, mucosas ou hemorrágicas e manifestações de dor abdominal (por meio da respiração acelerada).


Prevenção: 


Pra prevenir a coccidiose, o contato com as fezes contaminadas precisa ser evitado. Isso pode ser feito utilizando piso de telas nas gaiolas e viveiros. A limpeza diária na criação também é importante e eficaz, uma vez que os oocistos não terão oportunidade de ativar e morrerão na ausência de material orgânico. A sobrevivência dos oocistos pode ser reduzida mantendo o ambiente seco e com boa ventilação, principalmente nos meses mais quentes e úmidos do ano. A desinfecção total é possível por meio do calor (queima), pois os oocistos são resistentes a maior parte dos desinfetantes comuns.


Exames disponíveis: 


- Parasitológico Completo (fazer ao menos 2 x ao ano)


- Checkup do Plantel


- Coccidiose ultrassensível
avatar
CÉLIA MARIA CAYRES
SUPERVISOR CHEFE
SUPERVISOR CHEFE

Mensagens : 5869
Pontos : 8789
Reputação : 548
Data de inscrição : 06/09/2013
Idade : 51
Localização : São Paulo

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum