Entrevista Reprodução CRIATÓRIO GUARNIERI - Página 7
ANUNCIOS
Publicidade

Publicidade

free counters
Guias para criação
Compartilhe
Ir em baixo
ENIVALDO
ENIVALDO
Membro de Honra
Membro de Honra
Mensagens : 6704
Pontos : 7652
Reputação : 558
Data de inscrição : 03/02/2011
Idade : 41
Localização : Belo Horizonte

Entrevista Reprodução CRIATÓRIO GUARNIERI  - Página 7 Empty Entrevista Reprodução CRIATÓRIO GUARNIERI

em Ter 28 Jun - 23:07
Relembrando a primeira mensagem :

Prezados membros desse fórum, e aos amigos leitores, gostaríamos mais uma vez de presenteá-los com mais uma entrevista sobre reprodução de PIXARRO (TRINCA FERRO). Temos a certeza que irá agregar muito valor e conhecimentos a todos os membros e leitores.

Para essa entrevista, gostaríamos de apresentar a vocês o SR. GUARNIERI, do CRIATÓRIO GUARNIERI (http://criatorioguarnieri.nafoto.net/), situado na cidade de São Paulo – SP, um dos precursores da criação de Trinca Ferro em cativeiro, e atualmente criador de canários da terra e coleiros, com vasta experiência em reprodução.


CDP – Primeiramente, para aqueles que não o conhece, conte-nos um pouco da sua historia e há quanto tempo o senhor cria pássaros?

R: Sou criador amador, passarinheiro desde muito cedo, meu pai era passarinheiro e meus avôs paternos e maternos, e também meu bisavô. Sempre tive em minha casa pássaros, aos 5 anos de idade, ganhei um casal de periquitos australianos e um pintassilgo, aí não parei mais.

CDP- Como surgiu o interesse de reproduzir em cativeiro e quais as espécies?

R: O PIXARRO em particular foi por não concordar quando me disseram que era impossível reproduzi-lo em cativeiro, ma sempre fui apaixonado pro reprodução, e aos 10 anos já reproduzia canário belga, e durante a adolescência reproduzi outros exóticos com manon, madarim, diamante de gold e outros, entre os silvestres, já reproduzi azulão, canário da terra, curió e pixarro, hoje reproduzo menos, e atualmente apenas canário da terra e coleirinha.

CDP – Para aqueles que estão querendo começar uma criação, qual o primeiro passo, o que é necessário fazer?

R: Passei algumas dicas lógicas, mas que se não observadas, poderão ocorrer vários dabores.

Primeiramente, deve se registrar no ibama;
Definir qual espécie irá reproduzir;
Fazer uma pesquisa sobre a espécie escolida;
Fazer um planejamento para não ficar com excesso de pássaros, e assim, não poder atender às nescessidades do plantel;
Ter pelo menos uma estrutura mínima (local e gaiolas suficientes);
Iniciar com matrizes de qualidade, nascidas em cativeiro e devidamente legalizadas.

CDP – Qual foi seu maior obstáculo no começo da criação?

R: Como acontece em toda criação, com o pixarro também foi a formação de um plantel de qualidade.

CDP – A formação de um plantel é essencial para o sucesso da reprodução?

R: Sim, é de suma importancia a formação de um plantel de qualidade

CDP – Para aqueles que estão querendo iniciar uma criação, o que o senhor sugere?

R: Em primeiro lugar, que o faça com amor e respeito aos pássaros, pois são seres vivos e não mercadorias.

Ao buscarem as matrizes, procure sempre criadores sérios, verifiquem se as anilhas estão em ordem, observem a saúde dos pássaros.

CDP – Qual é a melhor maneira de reproduzir os PIXARROS em ambiente doméstico: gaiola ou viveiros?

R: Isso é relativo. A maneira ideal será aquela que o criador conseguir reproduzir oferecendo qualidade de vida para os pássaros.
Eu uso para as fêmeas gaiolas com 80cm de comprimento, 46cm de altura e 40cm de largura, e para o galador, gaiola com 45cm x 46cm x 40cm.

O modelo que uso foi desenvolvido por mim e fabricado pela aramil na ocasião em que me procuraram para criar gaiolas para reprodução de pixarro, e julgo que esse modelo ficou perfeito.

Quanto a reproduzir em viveiros, penso que é louvavel no sentido de que quanto mais pássaros forem reproduzidos menos pássaros serão retirados da natureza.

Eu optei por gaiolas por usar o sistema de poligamia. Toda intervenção fica mais rápida, lembrando que tudo no metabolismo dos pássaros ocorre muito rápido. Também posso em gaiolas aplicar com maior facilidade minhas técnicas, além de que penso que o casal que aceita morar junto não tem fibra.

CDP - Descreva para nós como é a estrutura do seu criatório, no que diz respeito a compartimentos da criação, ou seja, as suas instalações propriamente ditas?

R: São três compartimentos: uma sala de criação, uma para os filhotes e outra separada que utilizo para quarentena.

CDP – Qual é a quantidade de fêmea ideal para cada macho?

R: Depende do macho e do intuito, cheguei a “passar” o nelson gonçalves (PIXARRO GALADOR) em nove fêmeas na temporada 2009/2010, mas perdi galadas e não recomendo.

Só fiz assim por não encontrar outro raçador do mesmo nível, então preferi perder algumas galadas do que diminuir a qualidade dos filhotes, além de ter certeza de que o nelson estava preparado (saúde e manejo) para tal.
Mas recomendo no máximo quatro fêmeas por galador.

CDP – Como é feita a preparação dos pássaros para a época de reprodução e quando começa?

R:A preparação é continua, o bom criador tem que ter essa visão, o manejo adequado durante a “muda” e todo o ano refletirá invariavelmente na reprodução. Quem não tiver essa mentalidade e disponibilidade nem deve (por respeito aos pássaros) reproduzir. É melhor comprar uma samambaia.

CDP – Existe alguma diferença nesta preparação entre machos e fêmeas?

R: Quanto à alimentação, acomodação e higiene, não.

O importante para as fêmeas é um local tranqüilo e que as deixem seguras. E para os machos, se possível um pouco de passeio.

CDP – Existe algum sinal para saber se o macho é um bom galador?

R: Não, só a temporada pode responder.

CDP– Como saber se uma fêmea é uma boa criadeira?

R: Também só a temporada responderá.

Uma das melhores criadeiras (PIXARRO) que já tive foi a saudosa gal costa. Antes de sua primeira temporada comigo, ainda durante a preparação, quando a via “macheando” no banho de sol, dentro do criatório dando “qui-qui-qui” sem parar, quieta no poleiro, avisando toda a “prateleira” quando alguém estranho chegava, eu não conseguia imaginá-la “deitada” chocando ou tratando dos filhotes. No entanto, só me deu alegrias e excelentes filhotes.

CDP – Como fazer o namoro entre macho e fêmea, e qual o critério utilizado para saber qual macho vai galar qual fêmea?

R: Quando o macho estiver cantando “aberto”, mostre-o para a fêmea, deixe cantando fora da sala de criação durante todo o dia.

No fim do dia, coloque a gaiola dele para dormir ao lado da fêmea sem se verem e mostre na manhã seguinte. 
Repita esse procedimento até ela aceitar “gala”.
O critério que uso é a fibra, tem e dá resultado, vai reproduzir.

CDP – A fêmea pede gala por quantos dias?

R: Depende. Tem fêmea que apronta sem dar muito sinal, aceita “gala” só um dia e está tudo certo. Têm outras mais escandalosas e que chegam a aceitar “gala” por 5, 6 dias.

CDP – Quais os cuidados com a fêmea depois da gala?

R: Boa alimentação, higiene e sossego.

CDP – Quando normalmente o senhor começa e para de criar a cada temporada?

R: Teoricamente, a temporada é de setembro a março, mas quem determina isso são os pássaros.

CDP – Quando deve ser colocado o ninho na gaiola para a fêmea construir; e no viveiro, quais as matérias usados, e quanto tempo leva para a fêmea construir o ninho?

R: Isso é observação, tem que conhecer o plantel. Quando a fêmea começar a “aprontar”, ponha o ninho. Quanto a viveiro, eu não utilizo em reprodução de PIXARRO. O tempo que a fêmea leva para fazer o ninho varia de fêmea para fêmea.

CDP – O senhor costuma usar uma alimentação diferenciada para época pré-reprodução e pós-reprodução?

R: Durante a temporada, uso uma alimentação mais protéica, mas costumo manter um cardápio bem parecido durante todo o ano.

CDP – Quais tipos de alimentos devem ser fornecidos às matrizes para alimentar os filhotes? 

R: Eu uso frutas, legumes e farinhada. Para quem opta por utilizar alimentos vivos, deve redobrar a atenção para contaminações por fungos e bactérias.

CDP – Como deve ser a alimentação dos filhotes? O senhor costuma ajudar as fêmeas no tratamento dos filhotes?

R: 1ª Parte respondida na anterior.
Eu não ajudo as fêmeas.

CDP – Quais são os riscos de deixar o macho com a fêmea nesta fase?

R: São vários, eu não deixo.

CDP – Com quantos dias pode-se anilhar os filhotes?

R: Anilho com 5 ou 6 dias. Depende do desenvolvimento do filhote.

CDP – Por quantos dias os filhotes permanecem no ninho?

R: Treze dias em média, com variações referentes ao desenvolvimento, e individuais (pássaro mais ou menos ativo).


CDP – Quais são os cuidados que o criador deve ter com as matrizes e filhotes?

R: Higiene, boa alimentação e um local adequado.

CPD – Qual a idade ideal para apartar os filhotes?

R: Quando eles estiverem se alimentando sozinhos. Já apartei com 28 dias (foi o mínimo) e com 34 (foi o máximo). Entre esses dois extremos é normal.

CDP – As fêmeas no geral estão maduras sexualmente a partir de que idade?

R: Teoricamente, aos doze meses. Eu não utilizo para reprodução fêmea com idade inferior a dezoito meses.

CPD – Com a sua experiência após esses anos todos, qual pode ser o maior erro ao iniciar a criação?

R: Adquirir pássaros sem procedência e achar que com matrizes comuns irá gerar um campeão.
Sempre digo que um pássaro é inváriavelmente:
• 50% genética (o que herda de seus ascendentes);
• 25% meio (local e condições em que irá se desenvolver);
• 25% manejo (técnicas aplicadas pelo mantenedor, “munheca”).

CDP – No geral, quais os cuidados necessários que o criador deve ficar atento na aquisição de um pássaro?

R: Adquirir pássaros de criadores sérios, realmente nascidos em cativeiro; verificar sempre a autenticidade das anilhas; questionar o criador sobre a filiação e qual garantia terá disso, pois acontece muito de pagar por um filho ou descendente de campeão e levar o filho de um pássaro comum e até mesmo levar um pássaro que foi retirado da natureza.

CDP – Descreva para nós como deve ser feita a escolha das matrizes para quem quer iniciar a criação? 

R: Se voce tem pressa e condições financeiras, o idel é adquirir pássaros que já tenham dado filhotes de resultado.

Agora, se esse não for o seu caso, oriento a aquisição de filhotes cuja mãe seja boa criadeira e que transmita fibra, e que o pai seja um pássaro de fibra com retomada de canto rápida de boa voz e bitola alta; e o filhote lhe dá a vantagem de vir sem “vícios” de manejo do antigo proprietário, o que irá facilitar colocá-lo mais facilmente em seu manejo, adequado à realidade de sua prateleira.

CDP – Como que deve ser a alimentação? 

R: O PIXARRO tem uma dieta bem variada. Por isso, em alguns lugares do brasil, ele até é chamado de tico-tico guloso.

Acredito na diversidade alimentar, inclusive elaborei um cardápio balanceado que sigo e repasso para quem adquire meus filhotes.

Mas o principal é sempre comprar rações e sementes em embalagens fechadas e bem acondicionadas, e mantê-las sempre em local adequado.

Lavar bem as frutas e verduras e oferecer apenas em quantidade que ele coma durante um período do dia para que não haja o risco de estragar e continuar na gaiola. E nunca esquecer que a água deve ser filtrada e/ou mineral, e trocada diariamente.

CDP – Para aqueles que ainda não tomaram consciência, e tem pássaros ilegais, qual a sua mensagem para eles?

R: Que repensem essa conduta, que além de criminosa, só leva à degradação da natureza como um todo. O planeta terra inteira é um corpo único, e ao se dizimar uma espécie, estaremos caminhando mais rapidamente para a extinção das outras, inclusive a nossa. Pensem sempre em seus filhos, irmão e em quem vocês amam, antes de destruir nossa única casa, o planeta terra.

CDP – O senhor gostaria de deixar uma mensagem para os membros do fórum sobre o futuro da criação em ambiente doméstico?

R: Sim. Nós, que realmente reproduzimos, somos os guardiões de um banco genético inestimável, e a nós cabe a missão de preservá-lo, para que no futuro, quando os vândalos ambientais destruírem os habitats de nossos alados, ainda seja possível apreciá-los em nossos criatórios, e até mesmo reintroduzi-los.
Não permitam que digam que é errado ter um pássaro nascido em cativeiro e devidamente legalizado. Saibam da importância que nós (verdadeiros criadores) temos.

DANIEL GUARNIERI.
CRIATÓRIO GUARNIERI
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
e-mail: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
msn: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


Última edição por Enivaldo em Qua 29 Jun - 9:22, editado 2 vez(es)


Criar é uma arte e devemos fazer da melhor maneira possível 


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

jose artur
jose artur
Passarinheiro Intermediário
Passarinheiro Intermediário
Mensagens : 211
Pontos : 286
Reputação : 6
Data de inscrição : 24/11/2011
Idade : 39
Localização : morro do chapeu bahia

Entrevista Reprodução CRIATÓRIO GUARNIERI  - Página 7 Empty Re: Entrevista Reprodução CRIATÓRIO GUARNIERI

em Seg 12 Dez - 9:55
João Pereira
João Pereira
Pasarinheiro Expert
Pasarinheiro Expert
Mensagens : 8321
Pontos : 9349
Reputação : 574
Data de inscrição : 01/07/2013
Idade : 34
Localização : perdido em algum lugar desse Brasil

Entrevista Reprodução CRIATÓRIO GUARNIERI  - Página 7 Empty Re: Entrevista Reprodução CRIATÓRIO GUARNIERI

em Ter 20 Maio - 9:27
Vamos lá pessoal  leiam a entrevista q o nosso amigo enivaldo fez com o amigo      SR. GUARNIERI, do CRIATÓRIO GUARNIERI 


sobre trinca ferro  , muito boa essa entrevista 
Stanley Guaitolini
Stanley Guaitolini
Pasarinheiro Expert
Pasarinheiro Expert
Mensagens : 1073
Pontos : 1291
Reputação : 98
Data de inscrição : 22/11/2011
Idade : 28
Localização : Colatina - ES

Entrevista Reprodução CRIATÓRIO GUARNIERI  - Página 7 Empty Re: Entrevista Reprodução CRIATÓRIO GUARNIERI

em Ter 20 Maio - 13:08
Li e achei muito interessante.. estão de parabéns.. existe um conteúdo muito bom e de muita aprendizagem ..
João Pereira
João Pereira
Pasarinheiro Expert
Pasarinheiro Expert
Mensagens : 8321
Pontos : 9349
Reputação : 574
Data de inscrição : 01/07/2013
Idade : 34
Localização : perdido em algum lugar desse Brasil

Entrevista Reprodução CRIATÓRIO GUARNIERI  - Página 7 Empty Re: Entrevista Reprodução CRIATÓRIO GUARNIERI

em Ter 20 Maio - 13:55
amigo stanley  existem muitos tópicos  bons em nosso forum 
mais a maioria dos membros não leem  . 


aqui nessa seção de entrevistas ta cheio de tópico bom .
Eduardo Machado
Eduardo Machado
ADMINISTRADOR
ADMINISTRADOR
Mensagens : 16791
Pontos : 21321
Reputação : 1505
Data de inscrição : 07/12/2010
Idade : 37
Localização : Espirito Santo do Pinhal - SP
https://www.criadoresdepassaros.com

Entrevista Reprodução CRIATÓRIO GUARNIERI  - Página 7 Empty Re: Entrevista Reprodução CRIATÓRIO GUARNIERI

em Ter 20 Maio - 13:57
stanley-g escreveu:Li e achei muito interessante.. estão de parabéns.. existe um conteúdo muito bom e de muita aprendizagem ..

Show ,  :dance: 



  [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]



                                                               


[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]
Voltar ao Topo
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum