ANUNCIOS
ANUNCIO
SITES PARA CRIADOR
AJUDA COM OUTROS ANIMAIS
CANAL YOUTUBE
TopSites AvesPT
PESQUISE SOBRE ESPECIES
ATUALIZAÇÕES
Loading...

aprendizado de canto

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

aprendizado de canto

Mensagem por Eytor em Qui 21 Nov - 22:40

Boa noite meus Amigos.

Bom, vou começar a criar curió, ñ tenho nenhuma experiencia com o msm ,mais já crio trinca ferro a um bom tempo, em fim estou para adquirir um curió pardo e gostaria de saber até com quanto tempo ele aprende a cantar?(fiquei sabendo de uma caixinha de som que é muito útil), e algumas dicas para manejo

Desde já obrigado

Eytor
Passarinheiro Recente
Passarinheiro Recente

Mensagens : 80
Pontos : 140
Reputação : 0
Data de inscrição : 11/06/2013
Localização : São João de Meriti

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: aprendizado de canto

Mensagem por Nilo em Sex 22 Nov - 7:12

Bom dia Eytor!

Qual a sua intenção com os curiós, canto ou fibra?

Abraço.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Moderador Criador de Passaros
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Passarinho que acompanha morcego, acorda de cabeça pra baixo...[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Nilo
Pasarinheiro Expert
Pasarinheiro Expert

Mensagens : 2172
Pontos : 2485
Reputação : 181
Data de inscrição : 11/01/2013
Localização : Niterói - RJ

http://www.criadoresdepassaros.com/forum

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: aprendizado de canto

Mensagem por Criador de Pássaros Cdp em Sex 22 Nov - 11:27

Importante saber disso realmente.

Criador de Pássaros Cdp
Pasarinheiro Expert
Pasarinheiro Expert

Mensagens : 2724
Pontos : 3055
Reputação : 153
Data de inscrição : 06/08/2012
Idade : 44
Localização : BRASIL

Voltar ao Topo Ir em baixo

aprendizado de canto

Mensagem por Eytor em Sab 23 Nov - 20:57

Boa noite Nilo.

A princípio pretendo focar no objetivo relacionado a fibra, o pardo é bem novo e já passa bons cantos, minha dúvida é como ser bem sucedido em acrescentar números de canto e ñ deixar a desejar em nenhum sentido com o manejo, pois fiquei sabendo que é um excelente pássaro mais também muito sensível. Tenho certeza que com as dicas de vcs conquistarei exito, pois sou muito dedicado com os meus alados.

Desde já, agradeço!!!

Eytor
Passarinheiro Recente
Passarinheiro Recente

Mensagens : 80
Pontos : 140
Reputação : 0
Data de inscrição : 11/06/2013
Localização : São João de Meriti

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: aprendizado de canto

Mensagem por Nilo em Sab 23 Nov - 21:21

Boa noite, Eytor.

Sendo o seu interesse em fibra, leia este trecho de artigo, que considero bastante elucidativo, publicado no site Canto & Fibra.

Abraço.


Preparação para as rodas de fibra

Esse trabalho já começa com a seleção dos filhotes com maior aptidão para fibra. Quando os filhotes ainda estão reunidos em gaiolões já é possível identificar os machos dominantes. Corrichiam mais que os outros e de forma intimidatória. Demarcam territórios para si. Expulsam os demais filhotes quando estão no comedouro, no bebedouro ou na banheira. Escolhem para si as melhores posições nos poleiros.

Durante todo o período da criação, especialmente durante os banhos de sol, devem ser dispostos de forma que possam ver outros curiós. Dessa forma acostumam a cantar de cara, sem intimidar-se com a presença dos outros.

Mudanças de ambiente e passeios são importantes para desinibi-los. Passeios em locais onde existam brejos são muito apreciados pelo curió. Visitas a outros criadores onde possa ouvir curiós cantando e, preferencialmente, onde possa envolver-se em disputas de canto, colaboram para o seu desenvolvimento.

Quando já estiverem pretos, poderão frequentar as badernas (disputas reunindo vários curiós para treinamento). Devem ser posicionados inicialmente a certa distância do local onde estão reunidos os curiós em disputa de canto. Na medida em que demonstrem segurança, cantando com desenvoltura, devem ser aproximados dos demais. Esse manejo deve prosseguir até que ele cante com desenvoltura, enfrentando curiós em gaiolas próximas. Quando estiver reduzindo o volume de canto deve ser retirado do local.

A próxima etapa é a mais complexa e importante para o sucesso do curió nos torneios: o acasalamento. O curió sem fêmea, se tiver aptidão para as disputas de fibra, cantará com desenvoltura na roda. Irá, no entanto, diminuir progressivamente a quantidade de cantos. Os torneios são um grande desafio. A roda começa normalmente às 8h e a última marcação pode acontecer após o meio-dia. Nessas circunstâncias, o efeito fêmea é fundamental para incentivar o curió a se manter motivado para a disputa.

O primeiro desafio será encontrar uma fêmea com a qual se afine. Em ambiente isolado, a fêmea que se deseja acasalar deve ser mantida colada a sua gaiola, separada por uma divisória, de modo que se escutem sem se enxergarem. Quando o curió gosta da fêmea, muda seu comportamento. Produz emissões sonoras características, como se fossem filhotes. Muitos chamam esse comportamento de chiar rato. O casal troca pialados e é possível observar o mútuo interesse. Não há regras. Alguns preferem fêmeas mais ativas, que constantemente emitam as notas chamadas quem-quem. Outros preferem fêmeas chamadeiras, que somente emitem pialados. Há outros ainda que rendem melhor quando acasalados com fêmeas que não emitem nenhuma nota. Quando estão acasalados, ao serem afastados um do outro, ficam trocando chamados e alteram o comportamento, tornando-se mais agitados. Se nada disso aconteceu, é hora de trocar a fêmea e reiniciar o processo.

Se o acasalamento deu certo, todo o manejo do curió deve ser acompanhado da fêmea. Passeios, visitas a brejos ou disputas de canto em outros criatórios devem ser feitos com a presença da fêmea. Sempre sem que um enxergue o outro, mas de modo a que possam trocar pialados.

O pássaro competidor deve permanecer em voadeira para manter sua capacidade aeróbica na condição ideal, sendo transferido para a gaiola de passeio apenas por ocasião de manejo. A fêmea, em sua gaiola, fica separada do gaiolão do macho por uma divisória de madeira ou plástico, que tenha uma pequena janela. Quando a janelinha da divisória estiver aberta, o casal pode se enxergar.

Alguns curiós rendem melhor quando ficam mais tempo vendo sua fêmea através da janelinha da divisória. O tempo varia de alguns minutos até a noite inteira, quando é véspera de disputa. Já vimos curiós que ficam ao lado da fêmea, sem divisória alguma, durante a noite que antecede ao torneio, e apresentam grande desempenho. Outros, com o mesmo manejo, ficam saturados de fêmea e não rendem no dia seguinte. O método para encontrar a melhor possibilidade é o da tentativa e erro. Cada curió é um caso diferente.

Há curiós que são separados de suas fêmeas e rapidamente acasalam com outra. Há outros que quando separados nunca mais apresentam bom desempenho. Há curiós que, mesmo durante a temporada de torneios, são empregados como galadores, cobrindo outras fêmeas do plantel, sem que isso altere o seu desempenho. Há outros que se escutarem uma fêmea pedindo gala ficam passados de fêmea, apresentando queda de desempenho. O pássaro competidor não deve galar a fêmea acompanhante em nenhuma hipótese. Quando isso ocorre, normalmente o desempenho do casal nunca volta a ser o mesmo.

Acertar um casal competidor não é tarefa fácil. Muitos criadores e mantenedores não conseguiram acertar um curió e depois de esgotadas todas as alternativas, se desfizeram dele, para reencontrá-lo conquistando troféus com outro proprietário. A disputa de fibra é assim mesmo. O que dá certo para um, não é garantia de resultado para outro.

Quando um curió de fibra muda para a posse de outro criador, dificilmente apresenta o mesmo desempenho. Ou melhora ou piora, mesmo quando o cedente informa todos os detalhes do manejo adotado.

Fonte: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
Moderador Criador de Passaros
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.] Passarinho que acompanha morcego, acorda de cabeça pra baixo...[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

Nilo
Pasarinheiro Expert
Pasarinheiro Expert

Mensagens : 2172
Pontos : 2485
Reputação : 181
Data de inscrição : 11/01/2013
Localização : Niterói - RJ

http://www.criadoresdepassaros.com/forum

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: aprendizado de canto

Mensagem por Thiago Pereira Iza em Sab 23 Nov - 21:25

Se o pássaro já está encartado e vai puxar na fibra, não necessita passar canto para ele até pq estressaria a ave, já que deve estar com fogo.

Basta alimentação balanceada, com uma boa extrusada, se quiser sementes procure as premium, Tiririca(Rabo de macaco), banhos de sol e agua e puxar com prudencia, nunca levando o pássaro no limite por se tratar de uma ave jovem...

1 veja com que está adquirindo como está o manejo da ave, a real situação, idade e se conseguir levantar a procedência genética melhor ainda...

Aí vamos conseguir ajudar ainda mais...

Thiago Pereira Iza
Pasarinheiro Expert
Pasarinheiro Expert

Mensagens : 2357
Pontos : 2495
Reputação : 114
Data de inscrição : 12/02/2013
Idade : 30
Localização : RJ

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: aprendizado de canto

Mensagem por Eytor em Sab 30 Nov - 21:55

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu:Se o pássaro já está encartado e vai puxar na fibra, não necessita passar canto para ele até pq estressaria a ave, já que deve estar com fogo.

Basta alimentação balanceada, com uma boa extrusada, se quiser sementes procure as premium, Tiririca(Rabo de macaco), banhos de sol e agua e puxar com prudencia, nunca levando o pássaro no limite por se tratar de uma ave jovem...

1 veja com que está adquirindo como está o manejo da ave, a real situação, idade e se conseguir levantar a procedência genética melhor ainda...

Aí vamos conseguir ajudar ainda mais...
Boa noite Camarada !!!

Muito obrigado por suas dicas. Vamos lá..., o pardo fez 1 ano dia 29-11-2013, é de boa procedência, acabei me envolvendo bem com estudos da espécie, agora minha dúvida é a seguinte, Até com quanto tempo ele pode aprender o canto correto? Pois ainda se embola um pouco no canto, a dica que recebi de um colega é a de puxar ele durante o dia(para ele acostumar com tudo)e CD durante todo o restante do dia . 
Estou com uma expectativa boa, pôs o pardinho está a 3 dias comigo e está cantando muito rsrsr

Desde já amigo muito obrigado !!!!!!!

Eytor
Passarinheiro Recente
Passarinheiro Recente

Mensagens : 80
Pontos : 140
Reputação : 0
Data de inscrição : 11/06/2013
Localização : São João de Meriti

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum