ANUNCIOS
ANUNCIO
SITES PARA CRIADOR
Guias para criação
AJUDA COM OUTROS ANIMAIS
CANAL YOUTUBE
TopSites AvesPT
PESQUISE SOBRE ESPECIES
ATUALIZAÇÕES
Loading...

O verdadeiro manejo e trato do "Coleiro"

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

O verdadeiro manejo e trato do "Coleiro"

Mensagem por Souza Souza em Dom 21 Abr - 16:07

Coleiro

Nome Científico: Sporophila caerulescens.

Nome Comum: Coleirinha, Papa-capim.

Distribuição: Praticamente em todo Brasil,
com exceção da Região Amazônica e Nordeste.

Habitat: Campos abertos, capinzais.

Características: 11cm. de comprimento.
Há bastante variação individual e regional de canto (dialetos)
no gênero Sporophila.
O canto é melodioso, muito agradável, sendo um dos mais estimados o tuí-tuí-zero-zero.
Participa das provas de fibra e canto livre nos torneios
de canto em Minas Gerais.

Hábito alimentar Granívoro. Farinhada no.1 Fêmeas em reprodução: mistura de 50% de fubá grosso de milho e 50% de ração de codorna (postura).
Sementes Diariamente: 55% de alpiste, 20% de painço amarelo, 10% de senha, 10% de níger e 5% de painço português. Farinhada no.2 Para fêmeas com filhotes e pássaros na época de muda: mistura a base de ovo cozido, flocos de milho pré-cozidos e farelo de soja (submetido a processo industrial de tostagem).
Água Filtrada, renovada diariamente, em bebedouro limpo. Poli-vitamínico 3 vezes por semana, no bebedouro.
Alimento vivo Até 20 larvas do "besouro-de-amendoim" Palembus dermestoides/dia, por fêmea com filhotes. Areia Limpa, esterilizada, podendo ser fornecida junto com um complexo mineral.

Período de reprodução Primavera e verão. Gaiola do reprodutor 29cm de comp. x 35cm de alt. x 25cm de larg.
Período de descanso Outono e inverno. Gaiola da matriz 58cm de comp. x 35cm de alt. x 25cm de larg., com divisória para separar a fêmea dos filhotes no momento certo.
Fêmeas e filhotes As fêmeas possuem cor modesta, parda, a mesma cor dos filhotes. Se o macho adulto tiver bico amarelo ("coleiro-bico-laranjeira"), esta cor esboçada no imaturo servirá para distinção sexual. Filhotes machos adquirem a plumagem de adulto com cerca de 18 meses de idade. Ninho Tipo taça, feito em arame e bucha vegetal (Luffa cylindrica), com 5,5cm de diâmetro e 3,5cm de profundidade.
Maturidade sexual 10 meses. Material p/ ninho Fibra de sisal, fibra de côco e raíz de capim.
Incubação 2 a 4 posturas/temporada, 2 a 3 ovos/postura, 13 dias de incubação podendo ser separados da mãe aos 35-40 dias de idade. Anel No. 1.

Fonte: [Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.]

Souza Souza
Passarinheiro Recente
Passarinheiro Recente

Mensagens : 94
Pontos : 204
Reputação : 0
Data de inscrição : 07/12/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: O verdadeiro manejo e trato do "Coleiro"

Mensagem por Souza Souza em Qua 24 Abr - 9:50

tive observando que das sementes q eles mais comem, é sempre mais alpiste mesmo, seja azulão, patativa chorona, coleiro ou curió,

e que dependendo do pássaro, como a patativa chorona por exemplo, eles não comeria frutas, verduras e legumes, apenas quando estiverem com muita fome, ou seja, sem ter o alpiste suficiente para eles,

mas em exceção observei que o curió se alimenta de milho verde em espiga ocasionalmente, devendo colocar milho para ele, durante 30 minutos e retirar

Souza Souza
Passarinheiro Recente
Passarinheiro Recente

Mensagens : 94
Pontos : 204
Reputação : 0
Data de inscrição : 07/12/2012

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum