ANUNCIOS
Últimos assuntos
» FILHOTES NÃO EMPENAM
por Luan Lacinta Hoje à(s) 14:30

» Diga não ao PL 3264
por Luan Lacinta Hoje à(s) 14:20

» DESAFIO QUE PASSARINHO É ESSE ?
por Julio Cezar Della Torre Hoje à(s) 0:36

» Coleiro muda
por dagner Ontem à(s) 11:01

» Aniversariantes do dia 02/12/2016 !
por CÉLIA MARIA CAYRES Ontem à(s) 0:40

» Aniversariantes do dia 01/12/2016 !
por CÉLIA MARIA CAYRES Ontem à(s) 0:38

» Filhote de Trinca Ferro
por Eduardo Machado Qui 1 Dez - 7:22

ANUNCIO
SITES PARA CRIADOR
Guias para criação
AJUDA COM OUTROS ANIMAIS
CANAL YOUTUBE
TopSites AvesPT
PESQUISE SOBRE ESPECIES
ATUALIZAÇÕES
Loading...

COMO FUNCIONA UM TORNEIO?

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

COMO FUNCIONA UM TORNEIO?

Mensagem por NICK MOZER em Sab 30 Mar - 11:16

REGULAMENTO CANTO-FIBRA/COLEIRO

(Exemplo de um torneio seguindo as normas da COBRAP)

Resaltamos que algumas regras podem ser diferentes em torneios produzios por outras instituições ou clubes, então indicamos que leia atentamente as regras do seu torneio antes de participar.


1- CATEGORIA DE COMPETIÇÃO

1.1. - Este regulamento foi aprovado pela comissão organizadora da Temporada Regional/2013 e será fielmente aplicado durante o torneio. Todo participante do torneio, no ato da inscrição de seus pássaros, compromete-se a aceitar e obedecer na íntegra às normas e rotinas determinadas pelo presente regulamento. Durante a realização do torneio, uma cópia deste regulamento, deverá ser fixado em uma estaca ao lado da roda de fibra ou afixado em um celotex para consulta.

2- LOCAL, HORÁRIO E INSCRIÇÃO DE PÁSSAROS

2.1. - O torneio de fibra para Coleiros, somente poderá ser realizado em recinto coberto, fechado, claro, arejado, seguro, protegido do sol, da chuva e do vento.

2.2. – As inscrições serão encerradas às 08:30 hs, cabendo aos participantes colocarem os pássaros em competição às 08:35 hs, sem tolerância. Não será permitida a colocação de pássaros após o fechamento da roda.

2.3. - O torneio encerrará as 12:00 horas, impreterívelmente.

2.4.- No ato de inscrição o proprietário deverá apresentar a relação de passeriformes atualizada e guia de transporte correta ou GTA (se for o caso), indicando o anel da ave que estará participando do torneio.


3- DOS PARTICIPANTES

3.1. - Somente serão aceitas inscrições de pássaros devidamente anilhados com anel fechado (inviolável e sem sinais de adulterações), e cuja as gaiolas contenham plaquetas de identificação contendo: Nome do proprietário, nome da ave, nº completo do anel, CTF do IBAMA) e cidade, portando no momento da inscrição a Relação de Passeriformes atualizada e guia de transporte correta ou GTA ( se for o caso ).

3.2. - Não poderão participar do torneio de fibra, pássaros:

3.2.1. - Pássaros com mais de 50% de cor diferente do normal e/ou cor de fêmea;

3.2.2. - Pássaros híbridos;

3.2.3.- Pássaros mestiços: será permitida a participação de pássaros mestiços ( cruzamento entre subespécies ) desde que não haja diferenças visíveis de fenótipo característico;

3.2.4. - Pássaros cegos, mesmo que seja somente em apenas um dos olhos;

3.2.5. - Com defeitos graves nos pés ou asas, que impossibilite de ficarem pousados nos poleiros;

3.2.6. – Pássaros que fiquem somente no fundo da gaiola.


4- FORMAÇÃO DAS RODAS

4.1. - As gaiolas serão dispostas em forma de círculo, com intervalo de 15 cm entre elas.

4.2. – O cordão de isolamento deverá ser feito com barbante e estar a 1,00 mt da roda;

4.3. - Nas gaiolas não poderão conter banheiras com ou sem água, verduras (couve, chicória, etc.), cachos e/ou galhos de sementes, podendo somente ser permitidos legumes e/ou frutas (obrigatório), podendo ser fornecido ao pássaro somente um tipo de fruta ou legume.

4.4. - No interior da roda, somente terão acesso o Chefe de Roda e 01 Fiscal Auxiliar.

4.5. – No interior do isolamento somente terão acesso os marcadores, proprietários/responsáveis e os fiscais.

4.6. - Iniciada a competição, às 08:35 hs, os criadores expositores dos pássaros não poderão mexer nas gaiolas e poleiros, a não ser com autorização de um dos fiscais ou Chefe de Roda.

4.7. - As estacas usadas no torneio deverão ser simples, sem enfeites ou cores berrantes, deverá ser confeccionado em madeira ou ferro, conter numeração própria, sequencial e visível, com altura variável de 1,40 a 1,60 m do chão ao prego de dependurar. Deve ficar dispostas em círculo de forma a distar uma gaiola da outra aproximadamente 15 cm. As gaiolas devem ser colocadas nas estacas de forma que suas portas fiquem para o lado de fora da roda, facilitando o manuseio. As estacas conterão ainda um prego a 50 cm do chão para a colocação das fichas de marcação.

4.8. - Somente poderão ficar dentro da gaiola 02 (dois) cochos, um em cada lateral, o cocho de comida, água e / ou suporte de poleiros, não poderão ser superior a 10 cm, incluindo a altura do fundo da gaiola, caso cocho esteja encostado na tábua lateral da gaiola será somado os dois. Fica terminantemente proibido qualquer dispositivo usado para um pássaro não ver o outro, assim como a colocação de frutas ou qualquer tipo de obstáculo nas paredes laterais, bem como ninhos em qualquer parte da gaiola, quer interno como externo.

4.9. - Altura do Cocho - Não poderá haver na gaiola nenhum objeto que bloqueie a visão dos pássaros em tamanho superior a 10 cm e nem poderão se situar, a sua parte superior, acima de 55% do fundo da gaiola, ficando, assim, limitada a altura dos cochos, porta cochos, porta bebedouros, etc. ou qualquer outro objeto que dificulte a visão entre os pássaros, diferentes das medidas aqui previstas, não podendo os cochos ficar no fundo da gaiola ou na parte superior, próximo ao teto da gaiola.

4.9.1. - Poleiros – Para que o pássaro possa se movimentar com as asas, o número máximo de poleiros (maritacas, descansos e o próprio poleiro) nas gaiolas serão de 06 (seis), não contando os poleiros de cocho e/ou bebedouro que estiverem na testeira da gaiola;

4.9.1.2. - Manter o público e proprietários há uma distância mínima de 1,00 m da roda.

4.9.1.2.1. – As gaiolas deverão ter as medidas oficiais, conforme abaixo:

a) 33 a 36 cm de altura;

b) 19 a 22 cm de largura;

c) 36 a 39 cm de comprimento.

5- ADMINISTRAÇÃO DO TORNEIO - PESSOAL

5.1. - Ao Chefe da Roda, compete:

a) cumprir e fazer cumprir todas as normas deste regulamento, escolhendo, convidando ou indicando os fiscais marcadores da competição;

b) proceder a retirada ou eliminação de pássaros que não cantarem na primeira fase;

c) convocar ou substituir marcadores ou fiscais, a seu critério, independente de visto;

d) advertir o participante ou aplicar a pena de eliminação;

e) não permitir que nenhum pássaro fique totalmente sem comida e/ou água;

f) interromper o concurso por razões imprevistas.

5.2. - Ao Fiscal cabe:

a) cumprir as determinações do coordenador;

b) avaliar a correção e fiscalizar o trabalho do marcador;

c) proceder à retirada dos pássaros eliminados ou desclassificados;

d) não fumar ou beber durante a marcação.

5.3. - Ao Marcador, compete:

a) marcar a quantidade de canto de cada pássaro, segundo as normas deste regulamento;

b) seguir as orientações dos Fiscais ou Chefes de Roda;


6- DO CANTO E SUA CONCEITUAÇÃO

6.1 - O canto ou cantada é o conjunto de notas melódicas modulado pelo pássaro, no caso de bicudos e curiós, compõe-se de 3 a 10 notas caracterizando uma frase musical. A frase musical é sempre reproduzida pelo pássaro em sua manifestação sonora. Em regra geral, o canto se inicia com um som (nota) agudo e termina com notas mais graves.

6.2 - A repetição é a sequencia do conjunto melódico modulado (frase musical) emitido mais de uma vez, sem que o pássaro pare de cantar. Na marcação da competição de fibra de canários da terra, trinca-ferros e coleiros, não se considerarão as repetições, sendo marcado somente um (01) ponto cada vez que o pássaro cantar, sem levar em conta o tamanho e a composição da frase.

6.3 - O canto será computado nas fichas, por unidade, tantas vezes quantas forem emitidas a frase musical;

6.4 - As meias cantadas, quando oriundas de cantos originais, serão consideradas um (01) canto, mesmo quando emitidas separadamente, porém, a meia cantada ou introdução de canto, deverá ser constituída da seguinte forma: Trinca-Ferros será considerado canto com um mínimo de 02 (duas) notas e os Coleiros apenas uma nota em tuí.

6.5 - Nos casos de pássaros que emitem dois (2) tipos de cantos (mistura de dialetos), o dialeto diferente e que não seja original da espécie, após a comprovação pelos Chefes de Roda e fiscais, deverá ser considerado como unidade quando composto de, no mínimo, 03 (três) notas.

6.6 - Os viciados que cantarem completamente como outros tipos de pássaros (coleiro, azulão, sabiá, etc.), terá os cantos computados a cada cinco (05) notas emitidas, desde que sejam ininterruptas.

6.7 - Só valerão os cantos dados pelo pássaro dentro do limite de tempo, isto é, deve o fiscal ficar atento para que não seja marcado canto após o tempo regulamentar.

7- MARCADORES DAS CONTAGENS DE CANTO

7.1. - No decorrer da competição serão efetuadas 03 (três) marcações, a saber:

a) PRIMEIRA MARCAÇÃO: Começará impreterivelmente às 09:00 horas e serão eliminados os pássaros parados, corridos ou piando mole, para tanto o Chefe de Roda juntamente com o Fiscal ou expositor, percorrerá a roda para retirada dos parados, sendo marcado 02 (dois) minutos para o pássaro dar um cantada, passado este tempo sem dar um canto, o mesmo será eliminado.

b) SEGUNDA MARCAÇÃO - Classificatória: Terá inicio às 09:30 hs, partindo - se da estaca a ser sorteada ( início ou fim ), sendo os pássaros marcados preferencialmente em blocos sequenciais. O tempo de marcação será de 10 (dez) minutos. Encerrada essa etapa permanecerão para a fase final todos os pássaros que derem 10 ou mais cantos.

OBS: Todo expositor, deverá estar presente, nas 03 marcações junto do pássaro ou mandar um representante caso não esteja presente, seu pássaro será desclassificado.

Há obrigatoriedade de visto dos Fiscais nas fichas, assim a cada 50 cantos ou múltiplo deste, o marcador deverá, sem deixar de continuar marcando chamar o fiscal para o respectivo visto. Caso seja confirmado a falta de algum visto o pássaro será desclassificado.

c) TERCEIRA MARCAÇÃO-FINAL – A marcação será iniciada pela estaca contrária a da segunda marcação (início ou fim), tendo a duração de 15 (quinze) minutos considerado vencedores os 05 (cinco) pássaros que deram o maior número de cantos nesta marcação, devendo ser iniciada às 11:00 hs.

7.2 - Se na roda houver pássaro difícil de marcar ou polêmico, o Chefe de Roda deverá colocar 02 (dois) marcadores ou escolher um marcador experiente de sua confiança.

7.3. - As marcações das contagens de canto dos pássaros serão feitas pelos marcadores nas fichas oficiais de apuração de cantos, distribuídas pelo Chefe de Roda, não podendo ser contados como canto: os trincados, corrichos, tinidos, chamadas, macheadas, o piado, a filhotada ou o choro.

7.4. - Para cada pássaro corresponderá um marcador que não seja seu proprietário. O registro de cada contagem será feito na ficha de apuração de cantos e ao final de cada marcação as fichas serão recolhidas pelos fiscais e entregue ao Chefe da Roda para verificação e classificação.

7.5. - O horário para mexer nas gaiolas, exclusivamente para se retirar ou não a fruta ou legume, será feita em uma única vez, no horário das 10:30 hs, com a duração de 02 minutos, mediante autorização do Chefe de Roda. Não será permitido em hipótese alguma mexer em poleiros, cochos, fundo, etc, e caso o competidor cometa tal infração terá seu pássaro desclassificado do Torneio. Caso haja necessidade de se completar a água ou comida dos potes, esta deverá ser feita com autorização do Chefe de Roda. Qualquer dificuldade para cumprir este horário o Chefe de Roda estabelecerá, em comum acordo com os expositores, um horário diferente.

7.6. - Serão eliminados os pássaros cujos proprietários se recusem a atuar como marcadores desacatem os fiscais ou Chefe de Roda ou que não se apresentem para participar das devidas marcações naqueles pássaros que devam marcar.

7.7. – Se em qualquer momento do Torneio um pássaro for retirado da roda, esta deverá ser imediatamente fechada novamente, exceto se a retirada ocorrer durante as marcações (2ª e na Final).


8- FATORES DE DESCLASSIFICAÇÃO

a) mexer na gaiola, sem autorização, trocando ou fornecendo ração, semente e água;

b) limpar a gaiola, fundo ou dependurar verduras, cachos de sementes e dar tenébrios durante o Torneio;

c) Estiver sendo marcado por ele próprio;

d) Tiver sido retirada totalmente a comida (ração) e/ou água;

e) Se recusar a participar das marcações e não acompanhar as 03 marcações;

f) Estimular seu pássaro ou do concorrente usando telefone celular ou aparelho similar;

g) Efetuar marcação paralela, com sentido de inibir o marcador ou intimida - lo;

h) Pedir, mandar ou trazer para o recinto: chia, cela e/ou fêmea;

i) Em hipótese alguma se dirigir ao marcador, (havendo problemas, procurar o fiscal);

j) Efetuar marcação errada (tirar ou aumentar cantos do pássaro ) que estiver sendo marcado;

k) Retirar a ave da roda antes do término da marcação final;

l) Estiver portando nas mãos telefone celular no momento da retirada da fruta/legume, estando o citado aparelho ligado ou não;

m) O pássaro que der 10 (dez) ou mais piados/trincados consecutivos ou ainda que esteja “corrido” será retirado da roda em qualquer momento da roda, sendo desclassificado;

Obs: Caso ocorra algum imprevisto c/ a ave, a mesma terá 20 minutos para se recuperar, sendo a ave marcada no próximo bloco ou direto na final, caso o problema ocorra no 2º bloco de marcação.


9- CLASSIFICAÇÃO FINAL E TROFÉUS

a) No término da contagem final, o Chefe de Roda verificará a quantidade total de cantos obtidos para cada pássaro, aprovando e indicando do 1º até 5º lugar, os pássaros que mais cantarem.

b) Ocorrendo empate na apuração do total de cantos entre 02 ou mais pássaros na Marcação Final, serão classificados como primeiro colocado da seguinte forma: maior número de cantos na 2ª Marcação-Classificatória, o proprietário que residir mais longe do local do torneio; o proprietário mais idoso e sorteio.

10) DISPOSIÇÕES FINAIS

a) Não haverá descarte de pontos durante a Temporada 2013.

b) Se em qualquer etapa da Temporada Cabasan/2013, houver a troca de um pássaro por outro que já esteja competindo e com pontuação, utilizando o mesmo nome, ambos os pássaros serão eliminados da Temporada Cabasan/2013.

c) Havendo recursos, estes devem ser enviados a Comissão Organizadora Cabasan, em até 05 dias úteis, após a data da realização do torneio em que ocorreu o problema.

d) Não será permitido adentrar ao ginásio (local do Torneio) usando bonés, chapéus ou similares.

e) Não será permitido que menores de 18 anos participem de qualquer tipo de marcação.

FONTE:http://www.ocoleiro.com/in.php?id=o-coleiro-como-funciona-torneio


MY BIDS MY JOY!!!
OS MELHORES PRODUTOS PARA SUA AVE VC ENCONTRA NA NOBICO.COM

NICK MOZER
Passarinheiro Intermediário
Passarinheiro Intermediário

Mensagens : 315
Pontos : 459
Reputação : 30
Data de inscrição : 23/02/2013
Localização : LINHARES-ES

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: COMO FUNCIONA UM TORNEIO?

Mensagem por João Pereira em Seg 18 Ago - 21:15

Obrigado por compartilhar a informação .

João Pereira
Pasarinheiro Expert
Pasarinheiro Expert

Mensagens : 8295
Pontos : 9306
Reputação : 557
Data de inscrição : 01/07/2013
Idade : 31
Localização : perdido em algum lugar desse Brasil

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: COMO FUNCIONA UM TORNEIO?

Mensagem por Carlos woody em Ter 19 Ago - 12:04

Boa informação Amigo posi1


Moderador do Fórum Criadores de Pássaros


                          CRIADOR DE CANARIOS DA TERRA  
                             
                              CRIADOR DE CANARIO DE COR

                          CRIADOR DE SANHACO DE COLEIRA                                                                                                                                                                                      
                          DONO DE CANARIOS DA TERRA

                           CARECA (USA) NUMERO 1456
                           
                             SANTINO (USA) NUMERO 2564

                                                                           

Carlos woody
Moderador Silvestres
Moderador Silvestres

Mensagens : 2810
Pontos : 3084
Reputação : 197
Data de inscrição : 23/01/2011
Idade : 51
Localização : California estados unidos

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum