ANUNCIOS
ANUNCIO
SITES PARA CRIADOR
Guias para criação
AJUDA COM OUTROS ANIMAIS
CANAL YOUTUBE
TopSites AvesPT
PESQUISE SOBRE ESPECIES
ATUALIZAÇÕES
Loading...
face 4
Fechar Anuncio!
Curta nosso Facebook

Intensidade na cor

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Intensidade na cor

Mensagem por Pedro Alencar em Sex 23 Nov - 18:41

Vejo vários tópicos com tais frases:
Intensificar a cor
Cor dos canários
Uso de cataxantina
Enfim, a preocupação em dar mais vigor na tonalidade das penas é notório...
Mas me veio a dúvida, qual a real finalidade de intensificar a cor de um canário ?


Att Pedro Alencar

Pedro Alencar
Pasarinheiro Expert
Pasarinheiro Expert

Mensagens : 1741
Pontos : 2131
Reputação : 132
Data de inscrição : 03/09/2011
Idade : 32
Localização : Bahia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Intensidade na cor

Mensagem por roberth criador de belgas em Sex 23 Nov - 18:46

amigo acho que isso funciona mais para os canarios que tem fator vermelho porque com as mudas de pena as penas novas que crescer nao vai ter o mesmo vigor por isso essa ansiedade em intensificar a cor do canário se não vai ficar um vermelho fosco


 

[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]

roberth criador de belgas
Pasarinheiro Expert
Pasarinheiro Expert

Mensagens : 2006
Pontos : 2311
Reputação : 77
Data de inscrição : 28/08/2012
Idade : 19
Localização : mesquita MG

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Intensidade na cor

Mensagem por Pedro Alencar em Sex 23 Nov - 18:51

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu:amigo acho que isso funciona mais para os canarios que tem fator vermelho porque com as mudas de pena as penas novas que crescer nao vai ter o mesmo vigor por isso essa ansiedade em intensificar a cor do canário se não vai ficar um vermelho fosco

Se a cada troca de penas, a tonalidade da cor volta ao natural. Qual a finalidade de intensificar a cor ?

Att Pedro Alencar

Pedro Alencar
Pasarinheiro Expert
Pasarinheiro Expert

Mensagens : 1741
Pontos : 2131
Reputação : 132
Data de inscrição : 03/09/2011
Idade : 32
Localização : Bahia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Intensidade na cor

Mensagem por RONZONI em Sex 23 Nov - 19:41

é comum intensificar a cor dos canarios para disputa de campeonato aonde um dos requisitos é a cor do mesmo.

a cantaxantina na realidade ela não intensifica a cor do canario(de genetica vermelha)e sim provoca um brilho passando de vermelho opaco para vermelho vivo

ja nos amarelos os caratenoidos encontrado no milho .couve,almeirão ou mesmo encontrado em cinteticos como a luteina,tem que se tomar muito cuidado pois eles podem dourar um canario e o mesmo na hora que sobe na mesa de julgamento ja cai é desclassifica pela tonalidade de cor amarelo dourado









CRIADOR DE CANARIOS DE COR :
AMARELOS :INTENSO, MARFIM,NEVADO
AMARELOS MOSAICOS
VERMELHOS MOSAICOS
VERMELHO : INTENSO,MARFIM,NEVADO
VERDE:INTENSO,NEVADO,MARFIM,MOSAICO
ISABEIS VERMELHO MOSAICO
GLOSTER
TOPETE ALEMÃO
YORK

RONZONI
Pasarinheiro Expert
Pasarinheiro Expert

Mensagens : 2138
Pontos : 2402
Reputação : 168
Data de inscrição : 15/09/2012
Idade : 41
Localização : sertãozinho sp

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Intensidade na cor

Mensagem por Pedro Alencar em Sex 23 Nov - 20:32

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu:é comum intensificar a cor dos canarios para disputa de campeonato aonde um dos requisitos é a cor do mesmo.

a cantaxantina na realidade ela não intensifica a cor do canario(de genetica vermelha)e sim provoca um brilho passando de vermelho opaco para vermelho vivo

ja nos amarelos os caratenoidos encontrado no milho .couve,almeirão ou mesmo encontrado em cinteticos como a luteina,tem que se tomar muito cuidado pois eles podem dourar um canario e o mesmo na hora que sobe na mesa de julgamento ja cai é desclassifica pela tonalidade de cor amarelo dourado








Então a intensidade na cor seria como uma maquiagem: com ela chama a atenção e sem passa despercebido ?

Existe algum estudo, de cruzamentos de canários de cores vivas, por natureza ? Tipo um canário vermelho, que tenha um diferencial na tonalidade e possa vir gerar produtos diferenciados naturalmente ?
A minha esperança era a cataxantina, alterar o dna, fixando a coloração mais viva...foi por água abaixo.

Agora, sendo sincero...melhorar a cor justamente para expor, fica meio sem graça..artificial.

Att Pedro Alencar

Pedro Alencar
Pasarinheiro Expert
Pasarinheiro Expert

Mensagens : 1741
Pontos : 2131
Reputação : 132
Data de inscrição : 03/09/2011
Idade : 32
Localização : Bahia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Intensidade na cor

Mensagem por RONZONI em Sex 23 Nov - 20:54

o canario vermelho é na realida (falando a grosso modo)um pintagol,pois ele vem do cruzamento do tarim da venezuela com o canario de cor.
a cantaxantina só serve para dar brilho se o canario é intenso ele vai continuar intenso se ele for nevado tambem continuara nevado.
a cantaxantina não muda a cor do canario.
ex:se o amigo der cantaxantina para um canario amarelo ele ira ficar manchado de vermelho

a cor do canario na realidade ela não é maquiada ,não adianta dar pigmentos para um canario de cor ruim ele vai continuar ruim

se o amigo pegar um canario amarelo de boa genetica e dar colve diariamente para ele ele doura com menos de um mes,se der para um ruim ele ficara manchado tambem

o cruzamento é sempre dentro do padrão de:
intenso X nevado tera 50% de filhotes intenso e 50% de nevados,neste cruzamento da filhotes para exposição

vermelho intenso X vermelho marfin nevado neste cruzamento tera uma diluição do vermelho ele não é aconselhavel

vermelho marfim X vermelho nevado melhora e muito os marfins os que nascerem nevados não servem, e todos os nevados seram portadores de marfim(da para fazer um trabalho sobre eles)
nevado X nevado filhote nacem todos nevados com muita carga de shimeel,o que não serve para exposição alem de o amigo correr grande risco dos canarios apresentarem cistos
intenso X intenso filhotes 50% intenso 50% nevados os intensos saem bons para trabalho podendo sair um duplo intenso que em sua cor não muda nada só mudando seu gens ,isso é descoberto apenas nos proximos acasalamento aonde de dois intensos nascem todos intenso(um dos sonhos de consumo de muitos criadore) tem tambem o fator letal aonde geralmente um filhote morre dentro do ovo
esses são alguns cruzamentos que se segue nos canarios de cor para exposição
























Última edição por RONZONI em Sex 23 Nov - 21:05, editado 1 vez(es) (Razão : acrescentando mais alguma coisa)

RONZONI
Pasarinheiro Expert
Pasarinheiro Expert

Mensagens : 2138
Pontos : 2402
Reputação : 168
Data de inscrição : 15/09/2012
Idade : 41
Localização : sertãozinho sp

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Intensidade na cor

Mensagem por Pedro Alencar em Sex 23 Nov - 22:46

Ahan, então a cataxantina surte efeito na cor vermelha, logo seu pigmento é vermelho vindo a alterar a aparência de aves de outras cores...correto ?
Logo, um canário de penas "boas" com manejo de intensidade do visual das penas, se consegue sucesso no destaque da coloração das penas ?

Afinal, qual a finalidade da cataxantina, levando em conta que não altere ou mude a cor das penas ?

A questão dos cistos é bastante complicada e dolorosa para a ave e dono, se não me engano tem algo relacionado a cruzamento de penas longas...
Por qual motivo o tamanho das penas interferem neste processo tão devastador ?

Att Pedro Alencar
Demorei em responder, pois estava lutando com um cavalo de troia.


Pedro Alencar
Pasarinheiro Expert
Pasarinheiro Expert

Mensagens : 1741
Pontos : 2131
Reputação : 132
Data de inscrição : 03/09/2011
Idade : 32
Localização : Bahia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Intensidade na cor

Mensagem por RONZONI em Sab 24 Nov - 7:48

Ahan, então a cataxantina surte efeito na cor vermelha, logo seu pigmento é vermelho vindo a alterar a aparência de aves de outras cores...correto ?
Logo, um canário de penas "boas" com manejo de intensidade do visual das penas, se consegue sucesso no destaque da coloração das penas ?
sim ela altera a cor de outras cores mas não em seu total ela apenas mancha os canarios de outras cores e isso só no lipocromo nunca nas melaninas,feomelaninas essas não mudam a sua cor, e o canario de fundo branco tanto o branco recessivo, dominante,azul esses não mudam de cor nunca se o amigo der cantaxantina para um canario branco ele manchara apenas o bico e nunca as penas


Afinal, qual a finalidade da cataxantina, levando em conta que não altere ou mude a cor das penas ?
a cantaxantina serve só para dar brilho ao canarios e dar uniformidade de cor no mesmo por exemplo é sabido que aos 3 meses os filhotes fazem muda de penas perdendo as penas do ninho e adquirindo sua cor real,se o amigo pegar um filhote antes desse tempo e arrancar seu rabo é sabido que ele nascera primeiro depois disso o amigo entra com a cantaxantina vc tera um canario de duas cores vermelho opaco no rabo e vermelho vivo no restante do canario


A questão dos cistos é bastante complicada e dolorosa para a ave e dono, se não me engano tem algo relacionado a cruzamento de penas longas...
Por qual motivo o tamanho das penas interferem neste processo tão devastador ?

os canarios nevados suas penas são mais macias e sedosas alem de maiores comparada com os intensos essas diferenças é que é o grande problema se cruzar dois nevados as penas tende a nascer maiores ainda e mais macias assim elas não tem força para furar a membrana da pele apenas saindo uma pequena parte o restante da pena se desenvolve sob a pele formando assim um cisto que dependendo do tamanho é facilmente tirado,dependendo só uma cirurgia mesma
obs: não tem cura canario com cisto a tendencia é só aumentar as concentrações ou seja a cada muda pode nascer mais cistos nos canarios



voltando sobre a cantaxantina da uma olhada nesta foto
[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]


veja é um canario agata vermelho mosaica repare que a cantaxantina só faz efeito nas zonas lipocromicas do canario ou seja apenas na cor de fundo não alterando as cores que não contem lipo(melanina)






RONZONI
Pasarinheiro Expert
Pasarinheiro Expert

Mensagens : 2138
Pontos : 2402
Reputação : 168
Data de inscrição : 15/09/2012
Idade : 41
Localização : sertãozinho sp

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Intensidade na cor

Mensagem por Pedro Alencar em Sab 24 Nov - 12:00

Então a intensificação na cor é uma ilusão, para alimentar o ego do criador na esperança de ter aves mais vibrantes ?
Entre tentar se iludir com uma pigmentação passageira e tentar obter tais cores, vivas,nos cruzamentos....eu fico com a tentativa da reprodução..
A simples pigmentação é inútil..

Att Pedro Alencar

ATENÇÃO CRIADORES DE CANÁRIOS, FIQUEM A VONTADE PARA EXPOR SUA OPINIÃO.....

Pedro Alencar
Pasarinheiro Expert
Pasarinheiro Expert

Mensagens : 1741
Pontos : 2131
Reputação : 132
Data de inscrição : 03/09/2011
Idade : 32
Localização : Bahia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Intensidade na cor

Mensagem por RONZONI em Sab 24 Nov - 12:57

não ela é usada para deixar os canarios armonicos no platel,vc ve um canario e automaticamente ve todos não percebera diferença entre eles.
EU por ex:só dou cantaxantina um mes antes do inicio de postura dor vermelho nos vermelhos mosaicos eu não dou cantaxantina só servindo ao filhotes depois de 45 dias de vida.
sua segunda frase não entendi?


CRIADOR DE CANARIOS DE COR :
AMARELOS :INTENSO, MARFIM,NEVADO
AMARELOS MOSAICOS
VERMELHOS MOSAICOS
VERMELHO : INTENSO,MARFIM,NEVADO
VERDE:INTENSO,NEVADO,MARFIM,MOSAICO
ISABEIS VERMELHO MOSAICO
GLOSTER
TOPETE ALEMÃO
YORK

RONZONI
Pasarinheiro Expert
Pasarinheiro Expert

Mensagens : 2138
Pontos : 2402
Reputação : 168
Data de inscrição : 15/09/2012
Idade : 41
Localização : sertãozinho sp

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Intensidade na cor

Mensagem por Pedro Alencar em Sab 24 Nov - 13:23

Ok.
Entre tentar pigmentar a cor por um momento, eu acredito ser melhor realizar cruzamentos entre aves que já possuam um diferencial na pigmentação das penas. Obtendo desta forma produtos de cores vivas naturalmente..
Ou não existe esta possibilidade, onde se tem aves de tonalidades intensas naturalmente...

Não havendo, não vejo motivos práticos em intensificar a cor com artifícios passageiros...se pelo menos a cataxantina fixasse ou modificasse o dna, tornando uma característica da ave, valeria a pena continuar

Quanto aos cistos, uma alimentação rica em vitamina A, não poderia fortalecer os canhões vindo a romper a pele ?
Sabemos que em altas temperaturas, os poros se abrem, existe algum manejo para estimular este fato, possibilitando assim a facilidade no "brotar" dos canhões...tipo uso de capas e aumento de temperatura forçada com uso de lâmpadas, para estimular o bom andamento das mudas, evitando tal problema ou a questão é hormonal e não tem jeito pois é genético e ponto .


Att Pedro Alencar
Obs: Foi esta parte que não entendeu...

Pedro Alencar
Pasarinheiro Expert
Pasarinheiro Expert

Mensagens : 1741
Pontos : 2131
Reputação : 132
Data de inscrição : 03/09/2011
Idade : 32
Localização : Bahia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Intensidade na cor

Mensagem por THIAGO MELLO em Sab 24 Nov - 13:37

então eu fui criador de canarios de fator...posso te garantir que apenas canarios portadores do fator vemelho vaum alcançar a cor vermelha...o resto do outros ja citados pelo rozoni vaum apenas ficar manchados sem cor definida uns mais laranja e outros mais claros, nenhum canario que não seja portador conseguira ficar vermelho, vindo a tornar-se inviável o uso da cantaxantina levando em consideração que seu organismo não consegue absorver ele descartando a mesma.
a cantaxantina e um pigmento que apenas associado a capacidade do individuo de absorver a cantaxantina como pigmentante da plumagem.
os canarios herdaram o Fator vermelho devido a cruzamentos originários do pioneiro da canaricultura vermelha o alemão Bruno Materns, com a introdução do Tarim da Venezuela, por volta do ano de 1914.

Abração.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
"A vontade de Deus nunca irá levá-lo aonde a
Graça de Deus não irá
protegê-lo."

THIAGO MELLO
Pasarinheiro Expert
Pasarinheiro Expert

Mensagens : 1936
Pontos : 2094
Reputação : 58
Data de inscrição : 26/03/2012
Idade : 28
Localização : MINAS GERAS

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Intensidade na cor

Mensagem por THIAGO MELLO em Sab 24 Nov - 13:45

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu:Ok.
Entre tentar pigmentar a cor por um momento, eu acredito ser melhor realizar cruzamentos entre aves que já possuam um diferencial na pigmentação das penas. Obtendo desta forma produtos de cores vivas naturalmente..
Ou não existe esta possibilidade, onde se tem aves de tonalidades intensas naturalmente...

Não havendo, não vejo motivos práticos em intensificar a cor com artifícios passageiros...se pelo menos a cataxantina fixasse ou modificasse o dna, tornando uma característica da ave, valeria a pena continuar

Quanto aos cistos, uma alimentação rica em vitamina A, não poderia fortalecer os canhões vindo a romper a pele ?
Sabemos que em altas temperaturas, os poros se abrem, existe algum manejo para estimular este fato, possibilitando assim a facilidade no "brotar" dos canhões...tipo uso de capas e aumento de temperatura forçada com uso de lâmpadas, para estimular o bom andamento das mudas, evitando tal problema ou a questão é hormonal e não tem jeito pois é genético e ponto .


Att Pedro Alencar
Obs: Foi esta parte que não entendeu...


amigo sobre os quistos...

eu acho que é um fator genético, mais achei bem legal sua observação...

sabemos que os canários são pássaros muito sensíveis a temperaturas muito elevadas e muito baixas, por isso eu acho que a abertura dos porus não facilitarias as penas a brotarem, e tbm mataria qualquer canarios essa troca de temperatura.

O melhor remédio contra os quistos é a seleção genética de matrizes nevadas com intesas, ou penas longas com curtas com preferirem.

Abração.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
"A vontade de Deus nunca irá levá-lo aonde a
Graça de Deus não irá
protegê-lo."

THIAGO MELLO
Pasarinheiro Expert
Pasarinheiro Expert

Mensagens : 1936
Pontos : 2094
Reputação : 58
Data de inscrição : 26/03/2012
Idade : 28
Localização : MINAS GERAS

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Intensidade na cor

Mensagem por Pedro Alencar em Sab 24 Nov - 13:48

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu:então eu fui criador de canarios de fator...posso te garantir que apenas canarios portadores do fator vemelho vaum alcançar a cor vermelha...o resto do outros ja citados pelo rozoni vaum apenas ficar manchados sem cor definida uns mais laranja e outros mais claros, nenhum canario que não seja portador conseguira ficar vermelho, vindo a tornar-se inviável o uso da cantaxantina levando em consideração que seu organismo não consegue absorver ele descartando a mesma.
a cantaxantina e um pigmento que apenas associado a capacidade do individuo de absorver a cantaxantina como pigmentante da plumagem.
os canarios herdaram o Fator vermelho devido a cruzamentos originários do pioneiro da canaricultura vermelha o alemão Bruno Materns, com a introdução do Tarim da Venezuela, por volta do ano de 1914.

Abração.

Agora esclareceu e fortaleceu meu ponto de vista: Cataxantina é maquiagem !!!
E os cruzamentos para fixar a intensidade da cor..existe alguma linhagem possuidora deste diferencial, falando em resultados práticos e comprovados ?
Caso exista, por que se usa ainda a cataxantina que tem efeito passageiro, se com cruzamentos direcionados pode se conseguir o efeito permanente ?

Att Pedro Alencar

Pedro Alencar
Pasarinheiro Expert
Pasarinheiro Expert

Mensagens : 1741
Pontos : 2131
Reputação : 132
Data de inscrição : 03/09/2011
Idade : 32
Localização : Bahia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Intensidade na cor

Mensagem por RONZONI em Sab 24 Nov - 13:51

essa possibilidade existe ja explicada por mim logo acima fazendo os cruzamentos padrões ,o vermelho ja esta no dna da ave(pois ela é vermelho geneticamente)a cantaxantina só aumenta o brilho e da hegemonia no canario.

a cantaxantina não muda o dna ela é apenas um caroteno cintetico.

não é genetico nada que o amigo faça ira mudar pois estão no dna do canario mesmo fornecendo vitamina A que auxilia em um canario normal esses canarios com cisto a vitamina não acrescenta nem diminui nada,mesmo elevando a temperatura como o amigo disse isso só iria prejuducar mais ainda a ave pois a mesma iria suar e se limpar com frequencia alem dos banhos podendo assim romper os cisto ainda infeccionados e o canario vir a óbito .

essa intensidade tão abordada pelo amigo se da somente para manter a hegemonia do plantel ela não altera a cor eu tenho um canario amarelo mosaico que é penta campeão brasileiro em 7 anos seguido tirando dois segundo lugar










CRIADOR DE CANARIOS DE COR :
AMARELOS :INTENSO, MARFIM,NEVADO
AMARELOS MOSAICOS
VERMELHOS MOSAICOS
VERMELHO : INTENSO,MARFIM,NEVADO
VERDE:INTENSO,NEVADO,MARFIM,MOSAICO
ISABEIS VERMELHO MOSAICO
GLOSTER
TOPETE ALEMÃO
YORK

RONZONI
Pasarinheiro Expert
Pasarinheiro Expert

Mensagens : 2138
Pontos : 2402
Reputação : 168
Data de inscrição : 15/09/2012
Idade : 41
Localização : sertãozinho sp

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Intensidade na cor

Mensagem por Pedro Alencar em Sab 24 Nov - 13:53

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu:Ok.
Entre tentar pigmentar a cor por um momento, eu acredito ser melhor realizar cruzamentos entre aves que já possuam um diferencial na pigmentação das penas. Obtendo desta forma produtos de cores vivas naturalmente..
Ou não existe esta possibilidade, onde se tem aves de tonalidades intensas naturalmente...

Não havendo, não vejo motivos práticos em intensificar a cor com artifícios passageiros...se pelo menos a cataxantina fixasse ou modificasse o dna, tornando uma característica da ave, valeria a pena continuar

Quanto aos cistos, uma alimentação rica em vitamina A, não poderia fortalecer os canhões vindo a romper a pele ?
Sabemos que em altas temperaturas, os poros se abrem, existe algum manejo para estimular este fato, possibilitando assim a facilidade no "brotar" dos canhões...tipo uso de capas e aumento de temperatura forçada com uso de lâmpadas, para estimular o bom andamento das mudas, evitando tal problema ou a questão é hormonal e não tem jeito pois é genético e ponto .


Att Pedro Alencar
Obs: Foi esta parte que não entendeu...


amigo sobre os quistos...

eu acho que é um fator genético, mais achei bem legal sua observação...

sabemos que os canários são pássaros muito sensíveis a temperaturas muito elevadas e muito baixas, por isso eu acho que a abertura dos porus não facilitarias as penas a brotarem, e tbm mataria qualquer canarios essa troca de temperatura.

O melhor remédio contra os quistos é a seleção genética de matrizes nevadas com intesas, ou penas longas com curtas com preferirem.

Abração.

Ahan...Mas a questão das altas temperaturas seriam facilmente resolvida, com o uso de um termostato, onde seria regulado com a temperatura ideal para promover o aquecimento ideal para ajudar na troca de penas e na abertura dos poros..

Att Pedro Alencar

Pedro Alencar
Pasarinheiro Expert
Pasarinheiro Expert

Mensagens : 1741
Pontos : 2131
Reputação : 132
Data de inscrição : 03/09/2011
Idade : 32
Localização : Bahia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Intensidade na cor

Mensagem por THIAGO MELLO em Sab 24 Nov - 14:00

Agora esclareceu e fortaleceu meu ponto de vista: Cataxantina é maquiagem !!!
E os cruzamentos para fixar a intensidade da cor..existe alguma linhagem possuidora deste diferencial, falando em resultados práticos e comprovados ?
Maquiagem ? rsrsrsr vc me mata de rirrrrrrrr.

Então amigo,
A cantaxantina é apenas um intesificador do fator vermelho do seu canário como a palavra já diz INTESIFICAR, ou seja apenas serve para acentuar a cor do canário já possuidor desta cor. Se o canário não for vermelho não terá efeito vermelho apenas manchado e nada igual a um verdadeiro canário vermelho intenso.


Caso exista, por que se usa ainda a cataxantina que tem efeito passageiro, se com cruzamentos direcionados pode se conseguir o efeito permanente ?

O uso da cantaxantina não e como maquiagem que sai na água ou lavando com sabão ela altera a coloração da pena desde a raiz ate as penas sendo assim não é preciso a aplicação da cantaxantina o ano todo apenas nas trocas de penas...apenas pra manuteção da cor.

Este é meu modo de pensar.


abração amigo.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
"A vontade de Deus nunca irá levá-lo aonde a
Graça de Deus não irá
protegê-lo."

THIAGO MELLO
Pasarinheiro Expert
Pasarinheiro Expert

Mensagens : 1936
Pontos : 2094
Reputação : 58
Data de inscrição : 26/03/2012
Idade : 28
Localização : MINAS GERAS

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Intensidade na cor

Mensagem por Pedro Alencar em Sab 24 Nov - 14:07

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu:essa possibilidade existe ja explicada por mim logo acima fazendo os cruzamentos padrões ,o vermelho ja esta no dna da ave(pois ela é vermelho geneticamente)a cantaxantina só aumenta o brilho e da hegemonia no canario.

a cantaxantina não muda o dna ela é apenas um caroteno cintetico.

não é genetico nada que o amigo faça ira mudar pois estão no dna do canario mesmo fornecendo vitamina A que auxilia em um canario normal esses canarios com cisto a vitamina não acrescenta nem diminui nada,mesmo elevando a temperatura como o amigo disse isso só iria prejuducar mais ainda a ave pois a mesma iria suar e se limpar com frequencia alem dos banhos podendo assim romper os cisto ainda infeccionados e o canario vir a óbito .

essa intensidade tão abordada pelo amigo se da somente para manter a hegemonia do plantel ela não altera a cor eu tenho um canario amarelo mosaico que é penta campeão brasileiro em 7 anos seguido tirando dois segundo lugar









A beleza não está nos acessórios e sim na essência.
Ex: Tem mulheres que se maqueiam, ajeitam o cabelo, poe aquela roupa de festa para o dia dia e passam despercebidas..já outras, sem maquiagem, com o cabelo preso de qualquer jeito e usando camisa de propaganda politica chamam muita atenção pois é bonita e ponto.
Um canário pode chamar a atenção por estar bonito, com a cor intensa...mas na verdade ele não é o que mostra...é sabido que em competições a beleza conta e muito e o cartão postal é a plumagem...
Se fosse proibido o uso de artifícios para alterar a cor, os torneios teriam mais graça, pois o que contaria na verdade seria como o criador chegou a tal pigmentação, através de cruzamentos e tentativas..
Agregando consigo o prazer de ter alcançado tal resultado...não com o uso de elementos disponiveis para todos.
Pois alterar a cor pode ser fácil, com o manejo adequado, quero ver fixar tal característica em uma linhagem e poder dizer: Com muito trabalho consegui.

Parabéns pelo seu canário, se não fosse o pigmento ele teria os mesmos resultados ?

Att Pedro Alencar

Pedro Alencar
Pasarinheiro Expert
Pasarinheiro Expert

Mensagens : 1741
Pontos : 2131
Reputação : 132
Data de inscrição : 03/09/2011
Idade : 32
Localização : Bahia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Intensidade na cor

Mensagem por Pedro Alencar em Sab 24 Nov - 14:14

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu:Agora esclareceu e fortaleceu meu ponto de vista: Cataxantina é maquiagem !!!
E os cruzamentos para fixar a intensidade da cor..existe alguma linhagem possuidora deste diferencial, falando em resultados práticos e comprovados ?
Maquiagem ? rsrsrsr vc me mata de rirrrrrrrr.

Então amigo,
A cantaxantina é apenas um intesificador do fator vermelho do seu canário como a palavra já diz INTESIFICAR, ou seja apenas serve para acentuar a cor do canário já possuidor desta cor. Se o canário não for vermelho não terá efeito vermelho apenas manchado e nada igual a um verdadeiro canário vermelho intenso.


Caso exista, por que se usa ainda a cataxantina que tem efeito passageiro, se com cruzamentos direcionados pode se conseguir o efeito permanente ?

O uso da cantaxantina não e como maquiagem que sai na água ou lavando com sabão ela altera a coloração da pena desde a raiz ate as penas sendo assim não é preciso a aplicação da cantaxantina o ano todo apenas nas trocas de penas...apenas pra manuteção da cor.

Este é meu modo de pensar.


abração amigo.

Também estou rindo muito rsrsr
A cataxantina se usa na muda pois os canhões estão férteis e com a ingestão, deve cair na corrente sanguinea ...né ?
Por coincidência os canhões tem muito sangue...
Pode obter o mesmo resultado com cruzamentos ?
Se sim por qual motivo não se tenta de forma natural ? cataxantina é mais fácil ?

Att Pedro Alencar

Pedro Alencar
Pasarinheiro Expert
Pasarinheiro Expert

Mensagens : 1741
Pontos : 2131
Reputação : 132
Data de inscrição : 03/09/2011
Idade : 32
Localização : Bahia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Intensidade na cor

Mensagem por THIAGO MELLO em Sab 24 Nov - 14:20

AMIGO OLHA SO VC FALA COMO SE FOSSE FACIL COLORIR UM CANARIO.

QUERO FRISAR A FRASE "GENTICA" UM CAMPEÃO NÃO É O QUE COME 10 KILOS DE DE PIGMENTO E SIM AQUELE QUE SUA GENETICA POSSUI A MELHOR ABSORVIÇÃO DO PIGMENTO.

JA TIVE CANARIOS QUE COMIAM MUITO PIGMENTO E NADA AGREGAVA A SUA COR E POR OUTRO LADO OUTROS COMIAM QUASE NADA E SUA COR ERA LINDA E VIVA.

A MUDANÇA GENETICA DA COLORAÇÃO E UM TRABALHO DESENVOLVIDO POR GRANDES CONHECEDORES DE GENETICA E HIBRIDAÇÕES CONSEGUINDO ASSIM AS GRANDES E BELAS MUTAÇOES QUE TEMOS HJ.

ESSE ASSUNTO VAI RENDER.







[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
"A vontade de Deus nunca irá levá-lo aonde a
Graça de Deus não irá
protegê-lo."

THIAGO MELLO
Pasarinheiro Expert
Pasarinheiro Expert

Mensagens : 1936
Pontos : 2094
Reputação : 58
Data de inscrição : 26/03/2012
Idade : 28
Localização : MINAS GERAS

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Intensidade na cor

Mensagem por THIAGO MELLO em Sab 24 Nov - 14:27

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu:
[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu:Agora esclareceu e fortaleceu meu ponto de vista: Cataxantina é maquiagem !!!
E os cruzamentos para fixar a intensidade da cor..existe alguma linhagem possuidora deste diferencial, falando em resultados práticos e comprovados ?
Maquiagem ? rsrsrsr vc me mata de rirrrrrrrr.

Então amigo,
A cantaxantina é apenas um intesificador do fator vermelho do seu canário como a palavra já diz INTESIFICAR, ou seja apenas serve para acentuar a cor do canário já possuidor desta cor. Se o canário não for vermelho não terá efeito vermelho apenas manchado e nada igual a um verdadeiro canário vermelho intenso.


Caso exista, por que se usa ainda a cataxantina que tem efeito passageiro, se com cruzamentos direcionados pode se conseguir o efeito permanente ?

O uso da cantaxantina não e como maquiagem que sai na água ou lavando com sabão ela altera a coloração da pena desde a raiz ate as penas sendo assim não é preciso a aplicação da cantaxantina o ano todo apenas nas trocas de penas...apenas pra manuteção da cor.

Este é meu modo de pensar.


abração amigo.

Também estou rindo muito rsrsr
A cataxantina se usa na muda pois os canhões estão férteis e com a ingestão, deve cair na corrente sanguinea ...né ?
Por coincidência os canhões tem muito sangue...
Pode obter o mesmo resultado com cruzamentos ?
Se sim por qual motivo não se tenta de forma natural ? cataxantina é mais fácil ?

Att Pedro Alencar





KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
SORTE A SUA QUE NÃO MORA PERTO DE MIM SE NÃO JA TAVA AI NA SUA CASA PRA TE ENCHER O SACO!!!KKKKKKKKKKK

ESSE PAPO TA MASSA.

vou repetir...
a cantaxantina apenas intesifica blablabla ela não tinge ou seja o proprio organismo absorve o pigmento depositando em suas penas, pois como ja disse sendo portador ele tem sucesivel a absorvição da cantaxantina.

olha so a cantaxantina não é um pigmento industrial ela e extraida de verduras e frutas com com tal corante como por exemplo a cenoura.

vamos ler um pouco então olhem :

Há duas teorias que explicam a assimilação do fator vermelho: uma química e outra genética.

QUÍMICA

No protoplasma da célula do canário encontram-se certos corpúsculos coloráveis do amarelo ao vermelho.

Esta origem vem desde o canário ancestral.

Porém, o canário não possui o catalisador que possibilita o metabolismo acelerar a reação bioquímica destes corpúsculos.

O catalisador para o vermelho não é o mesmo para o amarelo.

A plumagem sempre foi de lipocromo amarelo, até que ocorreu a mutação que inibiu esta cor no manto, dando origem ao canário branco, mas até hoje não surgiu mutação para o vermelho, embora saibamos que hajam dois pigmentos lipocromicos:

AMARELO VERMELHO

Sabemos também que distintos são catalisadores, para que a plumagem possa ser colorir de um ou de outro.

FATOR VERMELHO

Como foi introduzido este catalisador no canário?

Pelo Tarim Vermelho da Venezuela (spinus cuculatos)

O factor para o vermelho é livre e se comporta de forma independente de outros factores.

GENÉTICA

A teoria genética quer demonstrar que o processo de transmissão do factor vermelho para o canário teve origem na propriedade que o Tarim tem de transferir, ao híbrido de primeira geração, um gameta com o gen que contém o factor vermelho, dando origem a um híbrido heterozigoto para o caráter considerado, ou seja, um gameta com o gen para o fator vermelho herdado do Tarim e outro gameta herdado da Canária, sem o factor vermelho.

Na verdade, nem uma nem outra teoria pode ser comprovada na prática, nem a que é baseada exclusivamente nos princípios genéticos e muito menos aquela que atribui à questão um princípio puramente químico.

Há certos fatores que um indivíduo quando o recebe não perde mais, a não ser por um processo de mutação. Neste caso encontramos os biocatalizadores.

Por este motivo é que a união das duas teorias muito provavelmente deve ocorrer.

O Tarim transmite o catalisador que faz acelerar o processo para colorir a plumagem do canário, em cuja célula já se encontra o pigmento vermelho.

Não fora isto, os canários hoje em dia mais afastados, gerações várias da linha direta do Tarim não teriam mais a capacidade de absorção do carotenóide vermelho que se lhes administram.

Podemos observar ainda, que mesmo uma descendência direta se não ajudamos com substâncias que contenham cantaxantina a progênie carece de uma cor vermelha pronunciada.

Os canários de hoje continuam a colorir tão intensamente como há anos atrás, mesmo se retroagirmos duas décadas, embora lhes falte na plumagem um especial brilho que lhes dava com certos complementos alimentícios como cenoura ralada, pimentão, páprica, etc.

Há, nas células dos animais, certas enzimas cuja função é acelerar a reação bioquímica.

Sua ausência impediria esta reação ou esta se processaria de forma extremamente lenta.

A estrutura química das enzimas é de natureza extraordinariamente complexa.

Há certos pássaros que possuem a capacidade de sintetizar os pigmentos, não só vermelhos como também amarelos.

O Tarim é um caso destes.

Há porém uma infinidade deles.

Estas aves têm a propriedade de sintetizar os alimentos ingeridos e que contenham caroteno, o produto final que lhes é depositado nas penas, ou seja cantaxantina para o vermelho e xantofila para o amarelo.

O Tarim em estado selvagem se alimenta de substâncias ricas em carotenóides, que lhe permite a manutenção constante do vermelho vivo de sua plumagem.

Quando em cativeiro, esta cor vai diminuindo de intensidade, a menos que se lhe dê o produto final, como fazemos com os canários.

Seria possível entretanto mantê-lo na cor selvagem, se sua alimentação estivesse muito caroteno tais como cenoura, couve, pimentão, etc.

Podemos ainda citar outros pássaros.

O Tangará perde quase totalmente a coroa vermelha, o Corrupião perde o seu laranja forte, ficando em pouco tempo de cativeiro com cor amarela-clara.

Dos produtos ricos em caroteno estes pássaros podem sintetizar por processos metabólicos a cantaxantina existente nos mesmos.

Em canaricultura encontramos dois carotenóides de muita importância, especialmente no que concerne à plumagem, ambos quimicamente semelhantes:

Amarelo Beta Caroteno (C40 H56) produto final Xantofila
Vermelho Cantaxantine (C40 H52 02)

No atual estágio da canaricultura não fazemos nada, além de administrar ao canário o produto final: cantaxantina.

Estamos incidindo em um grande erro.

O processo genético mão pode e não deve ser descuidado, pois assim cada vez estamos nos afastando mais da linha direta do Tarim, que deu origem ao pigmento vermelho dos nossos canários, o que se constitui em um grande mal.

PARTICULARIDADE IMPORTANTE NA HIBRIDAÇÃO

Quando efetuar hibridação com Tarim, tenha sempre em vista o fim a que se destina o produto: linha clara ou linha escura.

Se a sua criação for de linha clara, use o Tarim com uma fêmea vermelha da linha clara.

Para linha escura use uma canária cobre.

Ter sempre em vista que um F1 de linha clara não é um bom início para a linha escura, o que só fará retardar a obtenção de exemplares sem manchas.

É de se considerar também que o Tarim deve ser usado com uma fêmea cobre quando se quer destinar os F1 para a linha escura e não com as fêmeas ágatas ou isabéis.

Via de regra, o criador usa o Tarim para a linha escura, com a finalidade de obter bons cobres, sobretudo no início da hibridação.

O QUE É O CAROPHILL

Segundo os laboratórios Roche são carotenóides pigmentares, em formas estabilizadores, de qualidade uniforme, fáceis de assimilar, sem contra-indicações, com grande rendimento.

Com base nestes carotenóides preparam-se três produtos adaptados às condições de emprego na alimentação das aves:

CAROPHILL RED possui 100 miligramas de cantaxantina por grama de produto, utilizado largamente na avicultura comercial para intensificar a coloração da gema dos ovos e também em canaricultura.

CAROPHILL YELLOW constituído por 100 miligramas de éster apocarotenóico por grama de produto, largamente utilizado na criação de frangos de corte para pigmenta-los de amarelo.

CAROPHILL ORANGE que vem a ser um complexo de mistura a base de 50% dos dois, carophill red e carophill yellow.

Até alguns anos atrás nós usávamos directamente a cantaxantina para colorir os canários, hoje usamos 100 miligramas desta por grama do produto ministrado.

A cantaxantina pura é bem mais roxa do que o carophill red e inegavelmente tem muito mais poder de coloração, sendo porém muito difícil hoje em dia a sua obtenção, sem contar o elevado preço que atinge o mercado.

De três a cinco gramas eram então suficientes para serem adicionados a um quilo de ração.

O Carophill, para se obter uma boa coloração, pode ser adicionado na base de 10 gramas por quilo de ração.

O criador deve ter também o cuidado de adquirir, no início do processo, todo o carophill que for necessitar, inclusive de uma mesma caixa.

O uso de tubos alternados comprados em épocas diferentes, provavelmente lhe trará amarga surpresa com manchas na coloração.

Calcula-se o consumo.

Coloca-se em uma folha de plástico todos os tubos adquiridos.

Faz-se então uma perfeita homogeneização, para depois recolocar nos tubos.

Ao efetuar a mistura com a ração, alimentar, usar preferentemente um quilo de ração usando sempre a mesma quantidade de carophill red, rigorosamente medida ou pesada.

Esta é a forma mais certa de evitar manchas na plumagem.

A época apropriada para iniciar o processo de coloração é de 60 dias após o nascimento.

Há porém aqueles que dão carophill desde o ninho.

Isto, muitas vezes, evita o trabalho desagradável de arrancar as pequenas penas de cobertura.

Porém, a coloração de ninho nunca chega a atingir o mesmo grau de intensidade do que aquele após a primeira muda.

Na Europa não é usado retirar as penas das asas e os pássaros são apresentados em concursos com estas na cor laranja que vem de ninho.

Este é tipicamente um hábito do criador da América do Sul.

Vimos que o carophill red é utilizado por criadores de galinhas para obterem ovos com a gema o mais vermelho possível.

Este carophill, que vem através da gema, transmite em parte aos canários e sobretudo aos pássaros amarelos que vão muitas vezes tomando uma cor de dourado ou meio dourado, prejudicando a obtenção de bons pássaros com factor de refracção.

Na Europa, o carophill yellow é largamente utilizado nos pássaros, para a obtenção de pássaros dourados fortes, uso sobretudo corrente na canaricultura de porte."

Amadeo Sigismondi Filho
Juiz COM HS-OBJO
Revista AVO Junho 200
Arquivo Editado em 10 Jan 2004


acho essa materia muito esclarecedora.


[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
"A vontade de Deus nunca irá levá-lo aonde a
Graça de Deus não irá
protegê-lo."

THIAGO MELLO
Pasarinheiro Expert
Pasarinheiro Expert

Mensagens : 1936
Pontos : 2094
Reputação : 58
Data de inscrição : 26/03/2012
Idade : 28
Localização : MINAS GERAS

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Intensidade na cor

Mensagem por Pedro Alencar em Sab 24 Nov - 14:34

[Você precisa estar registrado e conectado para ver este link.] escreveu:AMIGO OLHA SO VC FALA COMO SE FOSSE FACIL COLORIR UM CANARIO.

QUERO FRISAR A FRASE "GENTICA" UM CAMPEÃO NÃO É O QUE COME 10 KILOS DE DE PIGMENTO E SIM AQUELE QUE SUA GENETICA POSSUI A MELHOR ABSORVIÇÃO DO PIGMENTO.

JA TIVE CANARIOS QUE COMIAM MUITO PIGMENTO E NADA AGREGAVA A SUA COR E POR OUTRO LADO OUTROS COMIAM QUASE NADA E SUA COR ERA LINDA E VIVA.

A MUDANÇA GENETICA DA COLORAÇÃO E UM TRABALHO DESENVOLVIDO POR GRANDES CONHECEDORES DE GENETICA E HIBRIDAÇÕES CONSEGUINDO ASSIM AS GRANDES E BELAS MUTAÇOES QUE TEMOS HJ.

ESSE ASSUNTO VAI RENDER.






Então Fí, quer dizer que a raça entra pelo bico ?
Se você tinha canários que tinham cores lindas e pre-disposição a tonalidade desejada, por qual motivo não reproduziu de forma que viesse a contrair a sua linha de sangue ? Fixando desta forma o DNA presente nesta ave ?
Seria mais gratificante do quê obter de forma articial. Ou não ?

Vou dar uma lida neste texto...logo logo terá uma resposta

Att Pedro Alencar

Pedro Alencar
Pasarinheiro Expert
Pasarinheiro Expert

Mensagens : 1741
Pontos : 2131
Reputação : 132
Data de inscrição : 03/09/2011
Idade : 32
Localização : Bahia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Intensidade na cor

Mensagem por THIAGO MELLO em Sab 24 Nov - 14:46

ahuauahuha


beleza.

então ai vc me apertou velho...kkkkkkkkkkkkkk
isso eu não sei como te respoder mais concordo que se alguem consegui-se uma real coloração apenas por cruzamento esse trabalho seria muito mais valorozo.

eu ja criei vermelhos e posso te garantir que não tem nada de artificial pois ate a gema do ovo deles são vermelhas a cantaxantina apenas almenta o brilho da cor.


não é uma criação facil, apenas os mais experientes conseguem fazer os melhores cruzamentos melhorando assim a cor dos próximos exemplares...

abração, muito bom esse assunto.

parabens por levantar essas duvidas pois vai ajudar muita gente aqui no forum, esclarecendo as suas duvidas...





[Você precisa estar registrado e conectado para ver esta imagem.]
"A vontade de Deus nunca irá levá-lo aonde a
Graça de Deus não irá
protegê-lo."

THIAGO MELLO
Pasarinheiro Expert
Pasarinheiro Expert

Mensagens : 1936
Pontos : 2094
Reputação : 58
Data de inscrição : 26/03/2012
Idade : 28
Localização : MINAS GERAS

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Intensidade na cor

Mensagem por Pedro Alencar em Sab 24 Nov - 15:18

Exemplo de pigmentação:
Ovo de galinha de granja pigmentado: Gema vermelha, porém sem consistência muito águada.
Ovo de galinha caipira, criada solta comendo milho insetos, capim e o que encontrar pela frente: Gema vermelha, com forte consistência e sabor único.

Vamos lá

Como já foi citado, o fator vermelho dos canários se deu pelo cruzamento com o tarim.
O canário não possui o catalisador que possibilita o desenvolvimento do fator amarelo e vermelho que constam no seu dna, já o tarim transmite este catalisador.
Mesmo com cruzamentos mais próximos entre canários e tarins, a primeira geração ainda precisará do uso da cataxantina.
E se fosse feito cruzamentos consanguineos, não haveria a possibilidade de melhorar tal característica esperada ? A intensidade ? ou os frutos deste cruzamento são estereis ?
A questão é saber se a ave tem predisposição a sintetizar os pigmentos e se esta característica é genética, e se pode ser transmitida.

" No atual estágio da canaricultura não fazemos nada, além de administrar o produto final: Cataxantina " Caiu no conformismo ?

A cataxantina é a ultima palavra, referente a melhorar o aspecto da plumagem ?

Att Pedro Alencar



Pedro Alencar
Pasarinheiro Expert
Pasarinheiro Expert

Mensagens : 1741
Pontos : 2131
Reputação : 132
Data de inscrição : 03/09/2011
Idade : 32
Localização : Bahia

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Intensidade na cor

Mensagem por RONZONI em Sab 24 Nov - 18:38

pedro para o amigo ter uma noção é administrado 8 grams de pigmento para canda 1 kilo de farinhada se colocar 100g por kilo o efeito vai ser o mesmo o organismo do canario vai eliminar todo o excesso por isso digoque o vermelho esta no dna do mesmo

ao contrario do canario amarelo (se o amigo der lutina para um amarelo ele ira ficar dourado)o vermelho não ultrapassa sua cor se não com excesso de cantaxantina deixaria o canario vinho ou roxo kkkkkk

sobre meu canario penta campeão é pegadinha do malandro iéié,so comcorre filhotes do ano vigente em campeonatos nunca de anos interiores kkkkkkkkk te peguei









CRIADOR DE CANARIOS DE COR :
AMARELOS :INTENSO, MARFIM,NEVADO
AMARELOS MOSAICOS
VERMELHOS MOSAICOS
VERMELHO : INTENSO,MARFIM,NEVADO
VERDE:INTENSO,NEVADO,MARFIM,MOSAICO
ISABEIS VERMELHO MOSAICO
GLOSTER
TOPETE ALEMÃO
YORK

RONZONI
Pasarinheiro Expert
Pasarinheiro Expert

Mensagens : 2138
Pontos : 2402
Reputação : 168
Data de inscrição : 15/09/2012
Idade : 41
Localização : sertãozinho sp

Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum